Conheça a Dieta Viking e fique resistente como um guerreiro!





Ah, faz tempo que não falo de dieta por aqui né gente? Era era o meu assunto preferido, aliado ao de exercícios.😀 Agora, imagine-se morando em uma casinha hospitaleira e colhendo amoras silvestres ao lado de um fiorde, sentindo o fresco vento nórdico...Já entrou no clima? Pois é, hoje você vai conhecer detalhes de uma dieta inspirada no estilo alimentar dos povos escandinavos e  que vem sendo citada como a dieta mais saudável do mundo.




A Dieta Nórdica emagrece 3 vezes mais do que convencional e controla pressão e diabetes: Está esperando o que para comer como um Viking?



Como e quando foi descoberta a dieta nórdica:


Essa nova dieta começou a se propagar em 2004, quando os chefs visionários René Redzepi e Claus Meyer organizaram um simpósio para debater o aumento do consumo de alimentos processados e aditivados de grãos refinados e frango e carne produzidos em massa. Em seu então recém-aberto restaurante, o Noma, haviam desenvolvido um menu-degustação de pratos feitos com alimentos selvagens: musgo, gravetos, algas marinhas e cascas de árvore comestíveis, além de alce e arenque, centeio e urtigas.


A pesquisa e os alimentos  que comprovaram ser a dieta viking  uma excelente opção para uma vida saudável:

De lá para cá foram feitos inúmeros estudos para determinar se o cardápio inovador traria benefícios à saúde. Um grupo seguiu a nova dieta nórdica (que inclui consumo de peixes, frutos do mar e algas marinhas; carne não processada, tubérculos, folhas verdes, nozes e frutos do tipo berry, legumes, frutas orgânicas e grãos integrais, tudo produzido localmente e da estação); E os demais participantes tinham uma alimentação que permitia grãos refinados, alimentos processados e açúcar. Seis meses depois, o grupo nórdico havia perdido uma média de três quilos e meio, além de ter diminuído centímetros nas circunferências de quadril e cintura, gordura corporal e pressão sanguínea.



Princípios da Dieta Viking

1 – Coma mais frutas e vegetais
2 – Coma mais grãos integrais
3 – Coma mais frutos do mar
4 – Coma carne de qualidade, mas em menor quantidade
5 – Coma carne de caça (comum nos países nórdicos)
6 – Coma orgânicos sempre que possível
7 – Evite alimentos industrializados
8 – Coma refeições com alimentos da estação
9 – Coma refeições caseiras
10 – Evite desperdícios
11- Imagine-se morando em um lugar encantador assim:



Assim como a famosa dieta mediterrânea,  o novo regime escandinavo não é tanto um plano fixo de refeições, mas uma maneira de se relacionar com a comida. Ao contrário da primeira, que permite pão branco, massa e polenta, a nórdica rejeita grãos refinados e alimentos processados. E, em vez de azeite de oliva, propõe o uso de óleo de canola, que tem menos gordura saturada, mais ômega-3 e ainda faz bem ao coração. “É ótimo para a saúde cardiovascular. Afina o sangue e tem alta porcentagem de gordura insaturada”, diz Marc Hellerstein, professor de nutrição da Universidade da Califórnia.  Isso é mesmo uma maravilha não é gente? Lembra-se do início do artigo onde colhemos amoras silvestres? Essa é a ideia! Priorizar os alimentos selvagens, mais naturais e colhidos "ïn natura". Já me sinto saboreando maravilhosas amoras coloridas! 😅


Portanto, similar à Dieta Mediterrânea, (Clique aqui link para saber sobre a dieta Mediterrânea) esta nova modalidade, também prioriza frutos do mar, vegetais e gorduras saudáveis (provindas, por exemplo, de nozes e peixes gordurosos como o salmão). Porém, a alimentação Viking não permite o consumo de farinha branca e grãos refinados, como pães e massas, bem como alimentos processados. Outra grande diferença é o veto ao azeite de oliva, que é o grande protagonista da Dieta Mediterrânea. No plano alimentar Nórdico, ele é substituído pelo óleo de colza, que possui menos gordura saturada e mais ômega-3.  As receitas servidas destacaram-se por favorecer alimentos produzidos localmente e colhidos na estação apropriada, tornando-se uma maneira mais econômica!


O cardápio principal é constituído de frutas, nozes, grãos integrais e pescado.

Todo o plano alimentar se baseia em alimentos orgânicos, regionais e sazonais. Basicamente, consome-se muitas verduras e legumes, peixes (principalmente bacalhau) e raízes leguminosas, como a batata. Frutos do mar, especialmente mariscos e alga marinha, também são bem-vindos, assim como frutas e oleaginosas. As carnes devem ser reduzidas, porém não abolidas. No entanto, elas devem ser orgânicas.

Em uma semana típica, o cardápio do jantar inclui três dias de carne orgânica, dois dias de frutos do mar e dois dias de refeições vegetarianas. Em qualquer dia, pode-se comer raízes leguminosas, vegetais folhosos, nozes, legumes e frutas da época, além de grãos integrais como centeio, aveia e cevada. Veja o cardápio com mais detalhes e certifique-se que pode seguir:


Cardápio da Dieta Viking



Grãos integrais. Aveia, centeio, cevada e outros grãos ricos em fibras são parte importante da dieta.

Raízes leguminosas. Fazem parte deste grupo a batata, cenoura, beterraba, alcachofra, etc.

Repolho. A verdura possui um dos índices mais altos de antioxidantes dentre os vegetais, além de ser uma boa fonte de ômega-3, vitamina K e ferro.

Azeite de colza. Ele possui menos gordura saturada e mais ômega-3 do que o azeite de oliva.

Benefícios da dieta viking


Um dos países com maior número de casos de ataques do coração, a Dinamarca reverteu seu destino ao proibir, em 2003, a adição de gordura trans em todos os alimentos processados.

Diante da conclusão da pesquisa, os cientistas enfatizam a acertada escolha feita pelos dinamarqueses em adaptar os ensinamentos da Dieta Mediterrânea à sua própria realidade.

A dieta nórdica é indicada para quem deseja um padrão alimentar com perfil anti-inflamatório: “pessoas com doença cardiovascular já instalada ou em prevenção e diabéticos”, diz Regina. Porém, ela alerta que atletas e doentes renais requerem mais cuidados, pois “eles têm atividades em que o gasto energético é intenso e necessitam de mais carboidratos”.

Em vista de tudo o que foi apresentado, podemos observar e aprender que trata-se de uma dieta fortalecedora, que fará com que fique mais forte e combativo, sem necessariamente tornar-se um guerreiro viking e ir à caça dos próprio alimentos...rsrsrs

Conclusão:


Trata-se de uma dieta com tendência para a alimentação saudável. Ela ajuda a baixar os níveis do colesterol ruim e a aumentar o bom. Assim, previne a aterosclerose, doença que causa o estreitamento dos pequenos vasos sanguíneos que fornecem sangue e oxigênio para o coração, e por consequência traz menos risco à pressão alta,  pontua Amanda. Segundo a nutricionista, toda dieta que exclui alimentos processados e que estimula o consumo de vegetais é válida. “Portanto, a dieta viking se enquadra nos padrões nutricionais saudáveis e pode ser adotada desde que se tenha um cardápio programado com as porções certas de carboidratos, proteínas e gorduras do bem, para promover a saúde, previnir doenças e levar a uma melhor qualidade de vida. Mas sempre se deve procurar a orientação de um profissional para começar qualquer dieta.”

Amigos, após eu passar por mal pedaços no último mês com a rinite, gripe e ataque de sinusite, optei por esta dieta para fortalecer a imunidade corporal. Ainda é cedo para dizer, mas digo para vocês que já me sinto mais forte e combativa como uma guerreira viking e espero melhorar dia após dia! É uma opção saudável e muito nutritiva. Linda semana gente!! 😊

O vídeo abaixo menciona os princípios da dieta nórdica e vale a pena dar uma olhadinha:



Fonte: Dieta Viking emagrece e imagens do tumblr e google imagens

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada!

12 comentários:

  1. Faz mesmo, Adriana. E vc se superou com uma dieta viking. Jamais imaginaria. kkkk Adorei!!!! Bjs e boa semana!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sérgio, hahahaha quando escrevi este artigo, me imaginei na locação de gravações do seriado Viking e me senti uma verdadeira guerreira, mas apenas colhendo amoras silvestres e nada de lutar como eles lutavam....kkkkkkkkkk
      A dieta é boa e podemos fazer sem necessariamente se tornar um vikink...E já estou ficando mais resistente!!
      Beijos amigo e obrigada pelo carinho da presença!!
      Linda quarta-feira!! :)))

      Excluir
  2. muito interessante esta dieta !
    uma adaptação aqui e outra ali, nem precisamos morar na NOruega.
    dá para fazer por aqui mesmo né.
    adorei a dica.
    grande abraço.
    :o)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KR. Eliane, minha querida, que bom que veio dar uma olhadinha nesta dieta!
      Nos primórdios do blog, eu só falava de dieta e de exercícios e escrevia sobre dieta mediterrânea, francesa, etc.....kkkkkkkkk
      Esta é muito boa, estou adaptando o meu cardápio e sem necessariamente morar na Noruega...rsrs

      Eu que agradeço seu carinho e presença querida!!
      Um super beijo e me espero que estou chegando em seu cantinho liiindo!!
      Beijinhos!! :)))))

      Excluir
  3. Dica de ouro, como sempre aprendo muito no seu blog, muito obrigada Adriana!, ótimo fds!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Larissa, obrigada querida!
      Estou sempre pesquisando novas opções de vida saudável!! :))
      Beijos e linda semana querida!! :))

      Excluir
  4. olá, queridíssima Adrilena!

    tudo bem com você e família? Se sentindo já quase uma guerreira wiking -rs?
    Você é desportista, atleta e isso faz com k tua saúde seja nota 9, pelo menos.

    minhas mãos caminham, mas mto lentamente, aliás há avanços e recuos. bem, nunca mais ficarei.

    adoro ler seus posts, pke nos ensinam sempre mto e são mega completos. Você é uma mulher muito culta e sensível.

    nunca tinha ouvido falar dessa dieta, mas há gente k adora partilhar e você é uma dessas pessoas. Obrigada!

    tal como tu, tb eu tenho sinusite e rinite alérgica e o verão está tardando a chegar a Portugal. têm estado dias frios, ventosos e chuvosos e essas doenças, k não são perigosas nos atacam, sem dó, nem piedade.

    vendo as indicações dessa dieta, reconheço k deve ter benefícios para nosso organismo, mas há k a adaptar a cada caso. Eu tenho problemas intestinais e não posso comer vegetais em excesso. sou alérgica a todos os frutos secos e a todo o tipo de couve, contudo reconheço k comer esses alimentos cultivados pelas próprias pessoas, portanto, de cariz biológico, só pode ser benéfico.

    Como 5 vezes peixe por semana e duas carne. já não curto carne. me desabituei. adoro peixe, bacalhau e batata.

    estive vendo o vídeo, que completa na perfeição seu magnífico post.

    a partir de dia 14 desse mês, estarei OFF. vou descansar minhas mãos, mesmo. longe de internet e da escrita, de k tanto gosto.

    beijos e um grande abraço pra você. VIVA E SEJA FELIZ!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Céu, minha querida, que maravilha que tenha vindo ao blog ler sobre essa nova dieta que estou testando...
      Realmente me sinto mais resistente, pois passei por períodos complicados no início do outono com o ataque feroz da minha rinite e sinusite...rsrs
      Mas agora sinto-me melhor e mais forte e deve ser por causa da dieta nórdica!! Tomara que seja!!

      Ahh e você está muito elétrica para lá e para cá digitando freneticamente sem poder não é?
      Fazendo traquinagens hem? Precisa se cuidar viu?
      Eu disse para você que o repouso é demasiadamente importante e necessário querida...
      Melhor que fique um tempo sem digitar para a recuperação se completa e o melhor de tudo, é que seus amigos ficarão ainda mais ansiosos com o seu retorno e ávidos por suas belíssimas poesias querida.., Se pensar por esse lado, a pausa será benéfica por ambos os lados não é mesmo? E necessária!!

      Agradeço o imenso carinho, palavras tão belas!
      Fico feliz demais quando se lembra de mim e aqui vem! Muito obrigada!!

      Um grande beijo e até a volta plenamente recuperada e ainda mais animada amiga!!
      Cuide-se muito!!
      Beijos!! :))))

      Excluir
  5. Ah eu não conhecia essa dieta e gostei muito de todas as informações que encontrei aqui. Aliás, adoro com seu cuidado e gentileza com os outros! E preciso dessa dieta, viu! rsrs

    beijos!

    https://ludantasmusica.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu, eu que agradeço por ter vindo conhecer essa nova dieta..
      Sabe, ainda a estou testando e , por enquanto, estou gostando muito!!
      Veremos as próximas etapas!! rsrs
      Vou falar em breve no blog sobre os benefícios que estou sentindo com a dieta nórdica!!

      Um grande beijo e uma semana fantástica minha querida!!!

      Excluir
  6. ADRIANA: Boas dicas! È uma dieta de luxo! Bem requintada. Parabéns pela postagem. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maria Adeladia, quanto tempo querida!!
      Nossa, é muito bom ter o seu retorno por aqui!!
      Está tudo bem?

      Beijos e uma semana linda querida, se cuida bastante!! ;))

      Excluir

Fique à vontade para expressar seus sentimentos e sugestões.
Você é sempre muito bem-vindo(a)! Obrigada e Abraços!

Tecnologia do Blogger.