"Porque Eu Te Amo" Querido John : música e filme para encantar!







Hoje é dia de trilha sonora para emocionar! E a canção é de extremo bom gosto, do cantor Stevie B, que lançou "Because I Love You" em 1990,   cuja cifra melódica tem bastante conteúdo. E para ilustrar a canção inseri cenas do filme Querido John, que provavelmente você já deve conhecer. Se não, aproveite para ler a sinopse e ainda ouvir uma música que combina perfeitamente com o trailer... O romantismo está no ar!



Não é de hoje que a indústria cinematográfica produz filmes em que ambienta grandes e intensos romances durante graves e perigosos períodos de guerra. Clássicos como Casablanca e até produções mais recentes como O Paciente Inglês e Pearl Harbor têm sua trama romântica relacionada com a Segunda Guerra Mundial. E agora,  um longa ambienta sua sinopse romântica durante uma das batalhas mais recentes da história mundial, no caso da guerra travada no Oriente Médio pelos Estados Unidos após os trágicos acontecimentos do 11 de Setembro, que dá um nó na garganta só de lembrar da queda das Torres Gêmeas...


Na trama o soldado John (Channing Tatum - que também trabalhou no filme G.I. Joe - A Origem de Cobra) está de licença quando conhece Savannah (Amanda Seyfried – a menina do filme  Mamma Mia) e se apaixona. São duas semanas de amor intenso em um lindo cenário litorâneo com todos os clichês típicos de filmes de romance, com direito o primeiro beijo na chuva e tudo mais. Terminada as férias, John precisa voltar para seu posto nas Forças Especiais do Exército dos Estados Unidos e Savannah para seus estudos na faculdade.
John (Channing Tatum) e Savannah (Amanda Seyfried)

Apaixonados, combinam de trocar cartas durante o longo ano em que terão que ficar separados, prometendo colocar tudo no papel durante o período e depois darem continuidade ao romance já iniciado. Porém, neste meio tempo os aviões sequestrados se chocam com as torres do World Trade Center, não só colocando abaixo não apenas as Torres Gêmeas como também as chances do casal se reencontrar. Munido de seu sentimento de dever patriótico, John decide renovar seu período de alistamento militar, o que vai gerar conseqüências para seu relacionamento com Savannah.

O roteiro do filme se baseia em um livro do escritor Nicholas Sparks, o mesmo autor de Diário de uma Paixão, livro este que deu origem ao meu vídeo  com o  belíssimo dueto do Ed Sheeran & Andrea Bocelli - Perfect Symphony. Veja o vídeo aqui. O talento de Nicholas para histórias românticas e tocantes é imenso e o filme até consegue transpor bem este desejo. Os protagonistas são criticados pelas  fracas interpretações, mas eu assisti o filme e não teci queixa de nenhum dos dois. Amanda se esforça e consegue esboçar olhares doces e lacrimosos. Já Channing se deixa dominar intensamente pela aura de bravo soldado, ficando difícil arrancar um olhar mais amoroso...

A grande e boa surpresa do filme fica por conta de Richard Jenkis, ator indicado ao Oscar por O Visitante. Intérprete do pai do protagonista, Richard encarna um personagem que a princípio parece distante e metódico, até que percebemos que ele sofre de um grau de autismo que passa despercebido até pelo próprio filho. É interessante notarmos o processo de um familiar estar tão envolvido e acostumado com as atitudes do indivíduo que sua doença passa incólume, mas não pela personagem de Savannah que percebe a situação, até então ignorada por John. Também é tocante vermos a forma que o personagem tenta se relacionar, mesmo isolado no individualismo característico do autista. Com certeza é a parte do filme que mais me emocionou. 



Ao final fica um sentimento de um filme doce com toques de adrenalina. Ela vai se emocionar com romance e ele, com a guerra. A diferença é que não se verá na tela uniformes nazistas, sotaques russos ou vietcongues em combate. O casal verá na obra aquele setembro de 2001 em que todos se lembram onde estavam e o que estavam fazendo. Se isso será suficiente para tocar o público de uma maneira inesquecível.


Minhas impressões sobre o filme:


Eu amei a película cinematográfica, pois é mais um filme de Nicholas Sparks adaptado com muita competência para os cinemas e ninguém melhor para comandar a adaptação do que o especialista em dramas Lasse Hallstrom (Regras da Vida, Sempre ao Seu Lado), um diretor que sabe provocar reflexões e lágrimas nos espectadores. 

Um filme que conta com uma lindíssima fotografia, uma competente edição e uma trilha sonora moderna e que te conduz durante a projeção da obra. Um filme que trata de relação de amizade, autismo, câncer (tema presente em quase todas as obras de Nicholas Sparks) e principalmente o amor. 

Um amor entre homem e mulher que apesar de ser cultivado em um curto espaço de tempo, sobrevive ao tempo através das cartas escritas de um para o outro. Por isso que usei a canção do Steve B para ilustrar , em razão das cartas trocadas pelo casal enamorado... 


Amor também entre pais e filhos, abordando a relação bonita entre John e seu pai com uma interessante analogia com a coleção de moedas. Os temas vão convivendo em uma ótima harmonia no decorrer dos anos em que se passa a história e vai dando maior amplitude à relação dos protagonistas. 

Destaque para a ótima química entre o casal, a sempre encantadora  e linda Amanada Seyfried e o excelente Channing Tatum. Vale uma ressalva para o ótimo trabalho de Richard Jenkins que chama os holofotes para ele nas cenas em que atua. 

Quem gosta de romances e dramas não vai se decepcionar com este filme extremamente gostoso de se assistir. Muito bem dirigido e atuado, vai direto no coração dos espectadores, especialmente os apaixonados. Querido John cumpre o que promete: emociona na medida certa e nos faz acreditar no amor cada vez mais!  Recomendadíssimo assim como todas as outras adaptações para o cinema das obras de Sparks. Se há um autor sensível, que sabe abordar o amor nos mais diferentes graus é esse autor. Quando vejo que é uma adaptação de alguma obra dele não me privo de assistir assim que estiver disponível. Se emocione e se entregue assistindo Querido John!


A carreira de Steve B e a canção  Because I Love You


Steven Bernard Hill, mais conhecido por Stevie B  é um cantor, compositor e produtor de freestyle e dance music estadunidense. Suas canções de maior sucesso são "Because I Love You (The Postman Song)", "Party Your Body", "Spring Love", "In My Eyes", "I Wanna Be the One", "Love Me for Life" e "Dream About You". Stevie B é casado com uma brasileira desde o início dos anos de 1990, por isso ele também fala português.

Stevie B nasceu em Fort Lauderdale, na Flórida. Ele teve diversos empregos, desde lavador de carros até em fast-foods, enquanto escrevia suas músicas e as produzia. Em 1987 ganhou reconhecimento nacional após o lançamento de seu single "Party Your Body", que foi um verdadeiro sucesso nos clubes. O sucesso dessa canção rendeu a Stevie B um contrato com a gravadora LMR Records, e no ano seguinte viria a lançar seu primeiro álbum de estúdio, também chamado Party Your Body. Outros sucessos desse álbum foram "Dreamin' of Love" e "Spring Love", essa última também foi sucesso no Brasil. Seu segundo álbum, In My Eyes, teve sucessos como "I Wanna Be the One", "In My Eyes" e Love Me for Life, e o álbum foi certificado ouro em 1989. Em 1990, foi lançado o álbum Love & Emotion, até hoje seu álbum de maior sucesso, incluindo o single número 1 nos Estados Unidos "Because I Love You (The Postman Song)".


"Because I Love You (The Postman Song)" (em português: Porque eu te Amo) é o segundo single do álbum Love & Emotion, lançado pelo cantor Stevie B em 1990. É considerada um dos mais importantes sucessos do "Rei do Freestyle", entrando no Top 40 da Billboard Hot 100, na posição #72. A letra da música é de autoria de Warren Allen Brooks e é de uma delicadeza sem limites...Confira minha última edição e tenha uma semana maravilhosa!!


Imagens do Tumblr e Vídeo do Canal no You Tube de Adriana Helena

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada!

2 comentários:

  1. Essa trilha é linda mesmo, Adriana. Assim como o filme. Embora eu esperasse um pouco mais do final... Adorei a postagem. Bjão!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sérgio, querido amigo, que bom que veio conferir este artigo!!
      Fico feliz demais com a sua presença, hoje a visita dos amigos é rara!!
      Sim, realmente o final não é o que esperávamos e por isso que eu tentei adaptar uma trilha sonora para o filme..rsrs Essa canção combinou direitinho não é verdade?
      Tenha uma semana maravilhosa!! :)))

      Excluir

Fique à vontade para expressar seus sentimentos e sugestões.
Você é sempre muito bem-vindo(a)! Obrigada e Abraços!

Tecnologia do Blogger.