Uso da força para retardar o envelhecimento das células


Sim!  Realmente não há como escapar! Pesquisas comprovam! Exercícios de resistência podem retardar o  envelhecimento das células. Vejam as recentes pesquisas!


Corrida na praia sob a luz solar: exercício aeróbico de resistência



corrida: pode ser na esteira ou na rua

Atividades como corrida e spinning- bicicleta - aumentam o  número de células-tronco nos músculos – e isso ajuda o corpo a se manter mais jovem e funcionar melhor. Além de manter o peso em dia e o colesterol controlado, o exercício físico retarda o envelhecimento, acreditam cientistas israelenses.




spinning: exercícios na bicicleta garantem força
Através de experimentos com cobaias  os pesquisadores da Universidade Sackler de Tel Aviv conseguiram demonstrar que atividades de resistência, como corrida ou spinning, aumentam o número de células-tronco nos músculos e ajudam o corpo a renovar suas células e se manter jovem. Quando uma pessoa ou animal envelhece, o número de células-tronco em seus músculos diminui. Isso faz com que a musculatura perca massa e reduza sua capacidade de se regenerar.


O mesmo não aconteceu com camundongos submetidos a tratamentos aeróbicos. Com sessões de 20 minutos de corrida ao dia por 13 semanas, os animais conseguiram aumentar de 20% a 35% a quantidade de células-tronco em seus tecidos. Conforme o estudo, publicado na revista científica PLoS ONE, os ratos mais velhos se beneficiaram ainda mais, com um aumento de entre 33% e 47% na quantidade de células-tronco. 
A pesquisa dos cientistas israelenses também mostrou que os exercícios aumentavam a disposição nos roedores mais idosos. “Quando envelhecemos, os músculos perdem massa e diminuem sua função”, diz Dafna Benayahu, que comandou o estudo. “Como resultado, nosso sistema músculo-esquelético é mais suscetível ao desgaste diário, o que também explica o aumento do risco de quedas em idosos. Pela primeira vez, podemos explicar porque as pessoas que se exercitam chegam à idade avançada de forma mais graciosa.”
Não é de hoje que estudos relacionam exercícios à produção de células jovens, e consequentemente benefícios do rejuvenescimento ao organismo. Publicado em 2007 no Archives of Internal Medicine, um artigo afirma que a atividade física vigorosa – como a corrida – pode reduzir o risco de câncer de mama em algumas mulheres. 

Os pesquisadores da Universidade da Califórnia, em Los Angeles acreditam que as razões para o benefício advém de mudanças no metabolismo, no sistema imunológico, produção de células jovens precursoras de outras, além da redução do ganho de peso durante a vida. O estudo que envolveu 10.599 mulheres demonstrou que aquelas que praticaram atividades vigorosas por pelo menos 5 horas por semana tinham um risco 20% menor de desenvolver o câncer de mama invasivo quando comparadas as mulheres que se exercitavam apenas 30 minutos por semana.
Mas atenção às recomendações de atividade física para idosos com 65 anos ou mais (ou para adultos com 50 a 64 anos com doenças crônicas – ex.: artrite): atividades aeróbicas, força, flexibilidade e equilíbrio.
Portanto, siga as seguintes recomendações para fabricar células-tronco e manter-se jovem por mais tempo:

1- Atividades aeróbicas: participação em atividades aeróbicas de intensidade moderada 30 minutos por dia, cinco dias por semana ou  realização de atividades aeróbicas de intensidade vigorosa 20 minutos por dia, três dias por semana;
              


Abdominais: fortalecimento muscular 
2- Exercícios que trabalhem a força: efetuação de oito a dez exercícios de fortalecimento muscular, de dez a quinze  repetições para cada exercício, de duas a três vezes por semana;






Alongamento com os braços: equilíbrio e flexibilidade


3-Exercícios que trabalhem o equilíbrio: realização de atividades que exercitem o equilíbrio (ex.: permanecer em pé com um pé à frente, pegar objeto no chão, andar sob calcanhares, andar sob dedos dos pés, andar de costas, etc.) para idosos que apresentam mais risco de queda (que favorece fraturas), três vezes por semana, no mínimo;


4-Exercícios que trabalhem a flexibilidade: efetuação de  exercícios de alongamento para os grandes grupos musculares  todos os dias em que forem realizados exercícios aeróbicos ou de fortalecimento muscular, permanecendo entre 10  e 30 segundos (no mínimo) em cada exercício de alongamento e repetindo cada exercício de três a quatro vezes,  totalizando aproximadamente 10 minutos;
                   
IMPORTANTE: idosos ou adultos com doenças crônicas devem ter o planejamento dessas atividades  elaborado por um profissional da saúde (ex.: professor de educação física) a fim de  gerenciar os riscos e levar em consideração suas necessidades terapêuticas, aumentando a segurança e maximizando os benefícios da atividade física. Lembrando que o ideal seja que as atividades descritas anteriormente sejam distribuídas ao longo da semana, podendo ser efetuadas em pequenas sessões durante o dia, desde que as atividades de intensidade moderada ou vigorosa sejam praticadas em sessões de dez minutos (ex.: caminhar rapidamente por dez minutos três vezes por dia, numa frequência de cinco dias por semana).

Pesquisa/ Créditos :  Revista Veja, Archives of Internal Medicine, Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, Divisão de Educação Física do HU/UFPB

Todos buscam ampliar a juventude. Sabemos que não é possível,ainda! Mas é plenamente razoável que o envelhecimento seja retardado, basta seguir as recomendações acima ! Abraços!


6 comentários:

  1. Olá minha querida amiga Adriana, boa noite!!!
    Minha amiga, mais uma bela postagem em benefício da saúde física e também para saúde mental, pois os exercícios físicos também proporcionam bem estar para a mente, aumentando a oxigenação do cérebro. Fica comprovado mais um grande benefício do exercício físico, o retardamento do envelhecimento das células, ação muito importante para chegar a uma velhice com uma melhor aparência física... Se bem que hoje as pessoas estão chegando à terceira idade com uma aparência bem mais jovem que outrora, as pessoas estão dando mais atenção para uma vida com mais qualidade...
    Bem interessante este estudo e a comprovação do aumento de células-tronco na musculatura que foi submetida a exercícios físicos, o percentual de aumento é substancial nas pessoas mais idosas, são benefícios bem valiosos...
    Minha amiga, adorei a postagem, tudo ficou perfeito, o texto, as imagens e a música, parabéns!!!
    Tenha um dia maravilhoso e abençoado, recheado com muitas alegrias!!!
    Abraços com carinho e muita paz!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia meu querido amigo Luis!
      Puxa, nem sei como agradecer o seu comentário neste post! É um dos mais antigo do Blog, eu ainda estava iniciando neste mundo "blogueiro" quando achei a pesquisa bastante interessante para o bem estar! Eu precisava compartilhar tantas informações imprescindíveis para a saúde.

      O seu comentário é muito valioso amigo! Com ele, as pessoas notarão a importância da prática dos exercícios físicos de maior intensidade. Os músculos precisam ser trabalhados constantemente, caso contrário atrofiam. Principalmente quando vamos avançando na idade, a prática dos exercícios torna-se imprescindível. Temos que aumentar o nosso número de células-tronco e só trabalhando bem o organismo com exercícios enérgicos conseguimos obter esse maravilhoso benefício.

      Muito, muito obrigada mesmo amigo! Sua intervenção me fez voltar à origem, aos temas de exercícios físicos que constituem-se no cerne do Blog. Um ano e tantos posts depois, notei como um blog pode se ramificar de tal forma que daqui há pouco estarei comentando até da constituição mineral das rochas..rsrs

      Um grande abraço amigo! Nem é preciso dizer que adorei sua participação querido! Agradeço novamente toda a ajuda e o incentivo que passa para mim!
      Uma semana maravilhosa de muitas alegrias!!!

      Excluir
  2. Olá Adriana Helena,
    O corpo humano é como uma máquina e tal como ela, precisa que seja usado para apertar alguns parafusos que o sedentarismo deixou afrouxar, e necessita do combustível adequado para fazer cada engrenagem funcionar. Cada parte do corpo tem seu ritmo de desenvolvimento e, depois, de envelhecimento. Os órgãos dos sentidos envelhecem gradualmente a partir dos 40 anos, idade em que também têm início as quedas hormonais, enquanto o cérebro é um dos mais bem preservados.Todas as mudanças são influenciadas por fatores genéticos e ambientais. Quanto aos genéticos, pouco podemos fazer, com a exceção de investigar os pontos fracos e predisposições para determinados probleminhas e dar a eles atenção redobrada. Já as questões relacionadas a estilo de vida dependem apenas de nós. Com o passar dos tempos o ser humano iniciou seu grande desafio contra a morte, ou seja, viver eternamente ou o máximo possível e com o melhor aspecto estético. Em toda a história da humanidade vemos relatos, em diversas culturas e civilizações o uso de banhos, ervas e até mesmo sacrifícios rituais para manter a beleza do corpo. Cleópatra tomava banhos de leite para manter sua pele sempre jovem , bela e suave. De seu tempo, entre os egípcios, temos o uso de tinturas para os cabelos, maquiagem para o rosto, olhos, etc. No mesmo antigo Egito a cirurgia plástica, mesmo que rudimentar, já era praticada para corrigir defeitos, e quem sabe, para manter o ser humano mais jovem. A preocupação com a "beleza" do corpo naquela época era tão evidente que todos os corpos de faraós e nobres foram cuidadosamente preparados para quando chegassem em sua "nova vida", estivessem perfeitos e acompanhados de todas as suas joias e objetos pessoais, demonstrando uma inequívoca preocupação pela estética do indivíduo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Alfeu! Obrigada pela presença amigo!
      É uma honra tê-lo aqui no blog com palavras tão sábias!

      Com certeza o corpo humano é semelhante a uma máquina perfeita e precisa de alguns ajustes para funcionar bem!
      Muito boa a sua informação sobre o Egito antigo e a cultura da beleza que eles apreciavam.
      Nos últimos meses tive a oportunidade de acompanhar a série da Record (José do Egito) onde a cultura antiga daquele povo ficou bastante evidenciada e caracterizada! Realmente eles davam muita atenção para a beleza e estética de seus corpos, onde o uso da maquiagem e tintura já era evidente e bastante comum!

      O importante, nos dias atuais, é o exercício e a alimentação adequada e saudável!
      Só assim o corpo funcionará adequadamente e se preservará por muitos anos, até o envelhecimento natural das células!

      Muito obrigada pela atenção amigo!
      Agradeço muito e desejo um excelente restante de semana!
      Abraços! :)))

      Excluir
  3. Excelente sua postagem. Preciso vir aqui reler, vez ou outra. Sou sedentária e preciso me exercitar. Nem é questão de beleza, mas de saúde. Sinto que estou perdendo massa muscular e a endocrinologista já anda me dando uns empurrões (rss). Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Marilene!
      Que bom que você veio conferir esta postagem amiga!
      É de suma importância, porque tem dicas de exercícios que trabalham o equilíbrio, a força e a flexibilidade e como devem ser feitos!

      Já te disse que você é minha convidada especial para sair do sedentarismo de uma vez por todas! :) Uma caminhadinha de leve, para iniciar, vai te deixar renovada e depois, iniciamos os exercícios mais "pesados". E estes são excelentes para não perder massa muscular querida! Depois dos 30 anos, todas nós começamos a perder muita massa e elasticidade, e precisamos correr atrás para não ficar enfraquecidas!
      Então, vamos em frente e conte comigo se precisar de ajuda!

      Que bom que sua endocrinologista está te animando amiga: ela é parte importante nesta jornada de mudança de hábitos! Tomara que ela te incentive a cada dia, pois está aí, pertinho de você!

      Obrigada pela presença querida!
      Beijos grandes e um lindo fim de semana!
      E comece a se cuidar muito! :))))

      Excluir

Fique à vontade para expressar seus sentimentos e sugestões.
Você é sempre muito bem-vindo(a)! Obrigada e Abraços!

Tecnologia do Blogger.