Vitória está fazendo 465 anos!



Caminhada na Ponte com destino à ilha do Frade!
Hoje, todos os capixabas, festejam com muita alegria a cidade de Vitória! A capital do Espírito Santo, comemora no dia 08 de setembro, exatos 465 anos e para celebrar essa data tão especial, nada como mostrar um pouquinho do que temos por aqui. Assustou-se com a quantidade de anos de Vitória?

Vista aérea  da ponte  onde estou caminhando na foto acima

Pois é, nossa capital é histórica, é  uma velha senhora pois vem dos tempos da colonização do Brasil! Mas não se engane, apesar da idade "avançada" Vitória está linda, completamente em forma e cheia de vida!  Você vai se encantar com tanta beleza:




Agora, conheça  um pouquinho da nossa história e tire suas conclusões ao final se Vitória é ou não é abençoada pela própria natureza?


O início da história de nossa Capital data do segundo quartel do século XVI, quando a carta régia de 1º de janeiro de 1534, surpreendendo Vasco Fernandes Coutinho, no seu solar em Alenquer, tornava-o donatário de uma das capitanias na costa brasileira.

Reunindo uns sessenta homens, entre fidalgos e criados do Rei, alinhando-se entre aqueles D. Jorge de Meneses e D. Simão do Castelo Branco, que por mandato de Sua Alteza iam cumprir suas penitências a estas partes, e equipada a caravela de quatro mastros com tudo que se fazia necessário à empresa que ia empreender, deixou o fidalgo lusitano a sua pátria. Navegava rumo ao Ocidente, para se apossar de sua donatária de cinquenta léguas de terra na dita costa do Brasil.

No dia 23 de maio de 1535, domingo, a nau Glória, orientando-se pela serra do Mestre Álvaro, que se erguia no horizonte, r
ecortando-se contra o céu, atravessou a barra de nossa baía, 
Mestre Álvaro: Serra  imponente que orientou a caravela 

ancorando numa pequena enseada situada à esquerda, nas fraldas do morro da Penha, ao norte do morro de João Moreno. Julgaram ser a baía um grande rio. Os colonizadores deram à terra o nome de Espírito Santo, em vista da celebração, naquela data, da festa do Divino Espírito Santo, pela igreja católica.O desembarque não se fez com facilidade, pois os aborígines, em defesa de sua terra, lutaram com ardor, armados de arcos e flechas, atirando suas setas em direção às embarcações. Houve necessidade de fazerem-se troar as duas peças de artilharia que guarneciam a caravela, para que os Goitacazes debandassem, permitindo a posse da terra por Vasco Fernandes Coutinho.


Desembarque dos colonizadores
Assim em vinte e três de maio de 1535, oitava de Pentecostes (domingo), a caravela de Vasco Fernandes Coutinho aportou, em terrenos baixos. Como se tratava do dia dedicado à terceira pessoa da Santíssima Trindade pela Igreja Católica, à vila logo iniciada foi dado o nome de Espírito Santo, depois estendido a toda a Capitania. Nos dias atuais esta localidade faz parte do município de Vila Velha. 


Ilha de Santo Antônio, hoje Ilha de Vitória
Porém , arregimentados os colonizadores mais destemidos, estes, seguindo o caminho líquido que julgavam ser um rio, subiram pela barra, sob a ação hostil dos índios Goitacazes, descobrindo uma grande ilha que chamaram ilha de Santo Antônio, por ser o dia 13 de junho de 1535. Esse local se situa na faixa insular onde se ergue em nossos dias o bairro de Santo Antônio, parcializando-se assim a denominação com que se batizou toda a ilha, no histórico dia de Santo Antônio do remoto 1535.





Quartel de Piratininga em foto datada de 1936


Reconhecendo o perigo representado pelos silvícolas, assim como a possibilidade de incursão de piratas, que infestavam as águas do Atlântico, naquela época, Vasco Fernandes Coutinho lançou-se à construção de um forte em local estratégico, situado, mais ou menos, onde se ergue hoje o Quartel de Piratininga. Iniciava-se então o povoamento do solo espírito-santense, com as suas primeiras cabanas e culturas agrícolas. Recebera aquele primeiro núcleo de colonização o nome de Vila de Nossa Senhora da Vitória, devoção particular do donatário.
                                



Vitória, capital do Estado do Espírito Santo, é a principal ilha de um arquipélago de 34 ilhas e o centro da Região Metropolitana da Grande Vitória,  formada por ela e pelos municípios de Vila Velha, Cariacica, Viana e Serra.




Fundada oficialmente em 8 de Setembro de 1551, Vitória é uma das dez cidades mais antigas do Brasil. Mas, ao mesmo tempo, vem se tornando uma cidade  moderna e tem muito a oferecer: praias, parques, (veja a Praia de Camburi e o Parque Pedra da Cebola, atrações de Vitória )  vida noturna, bons hotéis, excelentes restaurantes e grandes áreas de lazer. Sua geografia é caracterizada por sinuosidades, recortes, afloramentos rochosos, encostas, baía e canal. 



Seu encanto inspirou denominações como "Ilha do Mel", "Ilha de Santo Antônio", "Ilha de Nossa Senhora da Vitória", "Cidade Presépio" e "Delícia de Ilha". 

Parabéns à cidade, que mesmo com 464 anos continua com uma forma física invejável!Todo esse embate histórico, foi para homenagear Vitória, que, inclusive,  é a capital da  atividade física.  Confira no vídeo!!! 



A narração histórica permanece, mas a beleza da cidade  está ainda maior! O vídeo abaixo é curtinho e mostra toda a vida  e beleza que VITÓRIA  transmite!! 
Essa é a minha Vitória!  PARABÉNS!! 


Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada!

4 comentários:

  1. Parabéns pela reportagens sobre o aniversário de Vitória. Suscinta, mas objetiva e clara nas informações, além das belas ilustrações que vieram enriquecer mais as informações...Tio Paulo.

    ResponderExcluir
  2. Tio Paulo, mal sabe como é difícil ,escrever algo resumido pois sou acostumada a escrever verdadeiros testamentos..rsrs; mas a linguagem de blog tem que ser vapt e vupt senão ninguém tem paciência para ler.. fiquei com o coração sangrando para poder condensar uma história tão rica em poucas palavras, ,mas compensei com imagens de Vitória! Obrigada pelo seu apoio tio, está sendo fundamental para mim no início!!! Mil beijos e ótima semana!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi querida!
    Para quem tem 460 anos, até que você está bem conservada! rsrsrs
    Então,
    Parabéns para você e para esta cidade maravilhosa. Em especial para Vila Velha, que eu adoro.
    Beijo grande,
    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkk, Beth na verdade eu tinha um assunto secreto que eu já deveria ter dito a todos: sou uma vampira e desde que foi mordida, há 460 anos atrás, o tempo parou para mim...kkkkkkkk

      Imagina amiga, brincadeiras à parte, fiquei feliz por ter vindo prestigiar este post! Foi um dos primeiros do blog!
      No início falaria de atividade física na área regional e agora falo de qualquer lugar do mundo mesmo...hehehe
      Quando voltar à Vila Velha por favor, me avise!
      Para nos encontrarmos só teremos que atravessar a Terceira Ponte e pronto!! :))))

      Beijos com todo o carinho minha amiga!!
      Se cuida aí!!!!

      Excluir

Fique à vontade para expressar seus sentimentos e sugestões.
Você é sempre muito bem-vindo(a)! Obrigada e Abraços!

Tecnologia do Blogger.