Ama a Amazônia






Oi gente, vamos voar territorialmente e musicalmente pelo mundo inteiro. Obteremos conhecimentos dos mais diversos lugares, aprenderemos sobre a biosfera do local, apresentaremos a beleza natural e todas as consequências advindas da ação do homem... Começaremos com a Amazônia, o paraíso da biosfera no Planeta Terra. Por favor, não explora, não destrua... Simplesmente Ama a Amazônia!


A Floresta Amazônica é um de nossos mais ricos patrimônios e a região que abriga o maior número de espécies vivas da Terra. A Amazônia é a maior reserva de água doce do mundo e seus rios, entre eles o maior do mundo, o Amazonas, são verdadeiras estradas aquáticas utilizadas para comunicação e transporte. Parece uma pintura de tão belo que é o desenho dos rios na Amazônia...
A Amazônia é um bioma de oportunidades para o Brasil e o mundo. Os serviços ambientais (ou serviços ecossistêmicos) providos pela floresta garantem uma ampla gama de benefícios à humanidade, principalmente porque a Amazônia possui o maior volume de água doce do mundo e contribui diretamente para o equilíbrio climático do planeta, fatores fundamentais para a manutenção das condições de vida de muitas espécies na Terra. 

Proteger e conservar o bioma amazônico é uma grande responsabilidade que deve ser compartilhada entre nações, governos, empresas e a sociedade civil.

A maior floresta tropical e maior reservatório de água doce do mundo, a Amazônia é hoje uma das Grandes Regiões Naturais do planeta, tendo boa parte de sua vegetação preservada, mas em estado de constante alerta, além de uma vasta diversidade de fauna e flora. Com baixa densidade demográfica, a região é um importante laboratório natural para pesquisas, além de atrair diversas atividades extrativistas. E a beleza do lugar é mágica!

A Amazônia é o maior bioma brasileiro em extensão, o que corresponde, segundo o IBGE, a uma ocupação de 49% (4.196.943 km2) da área total do país. Para se ter uma ideia do que isso quer dizer, essa área se equivale, aproximadamente, a 16 vezes o tamanho do estado de São Paulo. Sua abrangência territorial reúne a totalidade dos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará e Roraima e ainda parte de Rondônia, Maranhão, Tocantins e Mato Grosso. Observe no mapa:
 Estima-se que pelo menos um terço das espécies de insetos existentes no planeta esteja no bioma, o que representa cerca de 10 milhões. Quase 70% das espécies de mamíferos existentes no Brasil vivem na Amazônia, entre elas a onça-pintada, a suçuarana, o veado, a capivara e o boto cor-de-rosa.  Apesar de não haver estudos atualizados sobre o registro de onças-pintadas no Brasil, a espécie encontra-se ameaçada de extinção, devido, principalmente ao desmatamento, ao número reduzido de indivíduos e o abatimento deste animal muitas vezes por atacar rebanhos. Não há indícios de estes animais conseguirem sobreviver em ambientes alterados pelo homem, assim como na interação com o homem, pois costumeiramente fogem ao perceber ação humana. Precisamos preservar!
Onça-Pintada corre risco de extinção
Em relação ao número de peixes, só no Rio Negro, já foram catalogadas 450 dessas espécies, de um total de duas mil espécies estimadas na região. A Amazônia também é o maior habitat de répteis do mundo e abriga, pelo menos, 50 espécies em extinção.
O boto-cor-de-rosa vive nas águas dos rios amazônicos do Brasil, da Bolívia, da Venezuela, da Colômbia, do Equador e do Peru. É um animal absolutamente fantástico!

Boto Cor- de- Rosa é um mamífero típico da Amazônia
 A fauna e a flora são muito ricas e oferecem recursos para a ciência produzir substâncias que poderão curar doenças. Entre os animais, destacam-se os grandes peixes, como o pirarucu, as aves, exuberantes e coloridas, e os macacos. A Floresta Amazônica possui a mais diversificada população de símios do mundo (barrigudo, coatá, guariba, sagui- leãozinho, uacari-branco, entre outros).
Pequeno Símio da Amazônia correndo risco  de extinção

Nas árvores da floresta, encontra-se a maior variedade de frutos tropicais, como a castanha, o açaí, o pequi, o cupuaçu, a graviola e o guaraná. São quase 170 espécies comestíveis e deliciosas. A floresta abriga também uma grande diversidade cultural, representada por cerca de 170 povos indígenas, 357 comunidades remanescentes de antigos quilombos e milhares de comunidades de seringueiros, castanheiros, ribeirinhos, entre outras.
Plantação e Colheita do Guaraná

Quanto às árvores, o vastíssimo mar verde amazônico tem um número incalculável de espécies. Algumas delas, endêmicas em determinadas regiões da floresta foram ou estão sendo indiscriminadamente destruídas, sem que suas propriedades sejam conhecidas. Dentre as árvores mais conhecidas utilizáveis para o paisagismo, estão o visgueiro, os ingás, a sumauma, muitas espécies de figueiras, os taxizeiros, a moela de mutum, a seringueira e o bálsamo.Uma árvore que merece destaque é a seringueira, típica da amazônica. Do seu látex fabrica-se a borracha, que, apesar dos atuais similares sintéticos, é insubstituível em diversos produtos. O Brasil já foi o maior produtor, mas hoje importa 70% da borracha que consome.

A flora amazônica ainda é praticamente desconhecida, com um fantástico potencial de plantas utilizáveis para o paisagismo, e é constituída principalmente de plantas herbáceas de rara beleza, pertencentes às famílias das Araceæ, Heliconiaceæ, Marantaceæ, Rubiaceæ, entre outras. Essa flora herbácea, além do aspecto ornamental, seja pela forma ou pelo colorido da inflorescência, desempenha vital função no equilíbrio do ecossistema.
Como exemplo, temos as helicônias,com uma grande variedade de espécies com coloridas inflorescências. São de presença marcante nas nossas matas úmidas e tem uma importante função no equilíbrio ecológico. 
Helicônias e seu colorido
No continente americano, as helicônias são polinizadas exclusivamente pelos beija-flores que, por sua vez são os maiores controladores biológicos do mosquito palha Phletbotomus, transmissor da leishmânia, muito abundante na Amazônia desmatada. A alimentação dos beija-flores chega a ser de até 80% de néctar das helicônias na época da floração das espécies.

Com poucas espécies herbáceas e a grande maioria com espécies de grande porte, as palmeiras tem uma exuberante presença nas matas ribeirinhas, alagadas e nas serras, formando um destaque especial na paisagem amazônica. Muitas palmeiras amazônicas, como tucumã, inajá, buritirana, pupunha, caioué e outras espécies de classificação desconhecida foram muito pouco ou nada utilizadas para o paisagismo.
Palmeira do Tucumã excelente para a saúde

Crescendo sob as árvores amazônicas, encontram-se plantas epífitas, como: bromélias, orquídeas, imbés e cactos. Nos rios o destaque é para a vitória-régia. É  uma das maiores plantas aquáticas do mundo. Com um aspecto exuberante e ornamental, nativa da região amazônica. É dotada de folhas circulares, enormes, que podem alcançar até 2,5 metros de diâmetro. Seus bordos alcançam até 10 cm e revelam uma face inferior espinhenta e avermelhada. 

Vitória-régia na região Amazônica




Possui ainda uma notável capacidade de flutuação, devido a uma rede de grossas nervuras e compartimentos de ar em sua face interior. A superfície da folha apresenta uma intrincada rede de canais para o escoamento da água, o que também auxilia na sua capacidade de flutuar, até mesmo sob chuvas fortes. Veja que coisa mais linda a indiazinha repousando em uma vitória- régia
Certamente a região amazônica tem um gigantesco potencial madeireiro, de plantas utilizáveis para o paisagismo e de espécies vegetais com substâncias para uso medicinal. Mas é necessário que tais recursos sejam mantidos de forma renovável. A floresta amazônica ensina que o extrativismo indiscriminado apenas desertifica, pois ela é mantida pela camada de húmus em um solo fresco, muitas vezes arenoso.

Portanto, é imprescindível utilizar a floresta de uma forma racional. Explorando-a, mas renovando-a com as mesmas espécies nativas; e, principalmente, preservando as regiões de santuários de flora e fauna, que muito valerão, tanto no equilíbrio ecológico, quanto no regime de chuvas e na utilização para o turismo. Mas infelizmente não é isso o que acontece e o nosso potencial vivo está sendo destruído...
Desmatamento indiscriminado na região amazônica
O solo amazônico apresenta baixos índices de nutrientes, é ligeiramente ácido e bastante arenoso, características que permitem classificá-lo como extremamente pobre. A presença de grande quantidade de matéria orgânica, carregada desde os Andes pelos rios, faz das várzeas as únicas áreas agricultáveis da Amazônia.

Na verdade, como em toda mata tropical, os nutrientes minerais encontram –se quase totalmente na biomassa vegetal ficando uma pequena quantidade no solo, sobretudo na camada superficial de húmus.




A rápida reciclagem desses nutrientes, decompostos pelos microorganismo do solo e reabsorvido pelas árvores, garante o equilíbrio necessário a manutenção da floresta. A única função revelante do solo é a de dar suporte físico à vegetação. De acordo com estudos do projeto Radam – Brasil, apenas pouco mais de 10% da Amazônia possuem solo de fertilidade compatível com a atividades agrícolas. Por isso não há saída: as florestas precisam ser preservadas para não ocorrer o processo de desertificação que é assustador!
Região da floresta antes e depois da exploração indiscriminada iniciando a desertificação

O equilíbrio natural da floresta

A Amazônia, como floresta tropical que é, apresenta-se como um ecossistema extremamente complexo e delicado. Sua incrível diversidade biológicas de difícil compreensão. As imensas árvores retiram do solo toda a matéria orgânica nele existente, restando apenas um pouco na fina camada de húmus, onde os decompositores garantem a reciclagem de nutrientes.

A retirada desses minerais é tão intensa que alguns rios amazônicos têm suas águas quase destiladas. Ficando praticamente sem matéria orgânica, os peixes e animais aquáticos dependem, para se alimentar, das folhas e dos frutos que caem das árvores. Para que possa ocorrer a reciclagem dos nutrientes, é preciso haver um grande número de espécies de plantas, pois cada uma desempenha uma função no ecossistema. As monoculturas naturalmente comprometem esse mecanismo e, por isso mesmo, não são recomendáveis.



Os animais, que se alimentam das plantas ou de outros animais, também contribuem, com suas fezes, para o retorno da matéria orgânica ao solo. Além disso, eles têm importante participação na polinização das flores e na dispersão dos frutos e das sementes.

As constantes chuvas que caem na Amazônia têm um papel fundamental na manutenção do ecossistema. Muitas vezes as águas nem chegam a atingir o solo, uma vez que ficam retidas nas diversas camadas de vegetação, sendo rapidamente absorvidas ou evaporando-se ao término da chuva. São elas que garantem a exuberância da floresta.

Todos os elementos, clima, solo, fauna e flora, estão tão estreitamente relacionados que não se pode considerar nenhum deles como o principal. Todos contribuem para a manutenção do equilíbrio, e a ausência de qualquer um deles é suficiente para desarranjar o ecossistema.

Retirando-se a vegetação, por exemplo, esta levaria consigo a maior parte dos nutrientes, e o pouco que restasse seria carregado pelas fortes chuvas que passariam a atingir diretamente o solo.

Se a existência dessa matéria orgânica, a floresta não conseguiria se reconstituir, e a tendência natural seria sua desertificação. Dificilmente, porém, teríamos um deserto total, pois a permanência dos ventos alíseos oriundos do oceano é capaz de garantir a umidade necessária para algumas formas de vegetação. Mas de qualquer maneira o ecossistema estaria destruído. E qual seria a conseqüência disso para o globo? 


Durante muito tempo atribuiu-se à Amazônia o papel do “pulmão do mundo”. Hoje se sabe que a quantidade de oxigênio que a floresta produz durante o dia, pelo processo da fotossíntese, é consumida à noite. No entanto, devido às alterações climáticas que causa no planeta, ela vem sendo chamada de “o condicionador de ar”. O desmatamento da Amazônia pode, aparentemente, causar alterações no clima de todo o planeta, com uma possível elevação da temperatura global pela eliminação da evapotranspiração”. Além disso, o gás carbônico liberado pela queima de suas árvores poderia contribuir para o chamado efeito estufa, novamente aquecendo a atmosfera.


As potencialidades para a humanidade

A importância da Amazônia para a humanidade não reside apenas no papel que desempenha para o equilíbrio ecológico mundial. A região é berço de inúmeras civilizações indígenas e, além disso, constitui-se numa riquíssima fonte de matérias-primas – alimentares, florestais, medicinais, energéticas e minerais. Precisamos preservá-la, necessitamos amá-la e muito!

Fique  agora com o vídeo que preparei da Amazônia com a canção “Ai de Mim” da banda brasileira OutroEu. Cenas belíssimas da Amazônia ilustram suavemente essa bela canção! Beijos e até a próxima gente linda! :D

⏩Aproveite que estamos comemorando os 1.000 inscritos e também se inscreva no meu Canal no YouTube. Tem muita novidade  por lá que você vai adorar!

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada!

11 comentários:

  1. Adriana , que post maravilhoso !!.

    e de saber que a AmazÕnia é nossa e estamos começando a conhecê-la melhor.
    no meu último post da pripioca , deixei uma resposta para todas as questões que você me perguntou. Se puder passe por lá para ver.
    quanto à Amazônia tenho descoberto algumas manteigas tanto para pele quanto para cabelo e também para consumo que são MARAVILHOSAS !!!
    nada melhor que o usar estes produtos diretos sem ficar usando cremes caros com um monte de porcaria química dentro.
    Uma destas manteigas é o tucumã,palmeira que você descreve em seu post, com um toque super macio e sedoso, esta manteiga amacia a pele e deixa os cabelos muito, muito macios.
    Tem outros óleos fantásticos, se você quiser posso lhe enviar alguns links sobre estes óleos em um email para que possa se encantar também.
    A gente demorou para sacar porque a pele da índia e cabelo são tão lindos !!
    elas usam estes óleos e manteigas , e a pripioca para perfumar afinal depois de se cuidar bem !!!
    é maravilhoso não acha?
    é um assunto muito interessante, pois divulgá-lo também é muito importante.
    sabe porque?
    porque estas palmeiras e árvores passam a valer mais em pé produzindo óleo do que cortada e derrubada para uso da madeira.
    como o cumaru(fava tonka) que é a baunilha da AmazÕnica. É maravilhoso seu uso em pudins e doces, como aromatizante. Porém sua árvore vale muito por causa da madeira.
    as pessoas ao conhecerem seu uso passam a buscar , e então começa um ciclo de preservação. Isso é só um exemplo.
    um grande abraço amiga.
    :o)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KR. Eliane, bom dia querida!! Puxa, que comentário fantástico, é de perder o fôlego minha amiga!!! Sim, a Amazônia é algo surreal, é um bioma perfeito e precisa ser mantido do jeitinho que foi desenhado por Deus! Lá tudo está equilibrado e apenas o homem que tem o "dom"de chegar e estragar com tudo :( devido à ganância desenfreada... )
      A fauna, a flora, o solo, o ar, as águas dos rios, todo o ambiente está em perfeita harmonia e é tudo milimetricamente cuidado pela natureza...Aliás de rara beleza!!

      Querida, vou lá correndo no post da Pripioca pois foi ele que me gerou a ideia deste post juntamente com a canção que publiquei no YouTube da banda OutroEu chamada "Ai de Mim"que ilustra esse artigo. A letra da música fala da libertação, das transcendência, do encontro do divino com a natureza e eu imaginei a Amazônia no ato para ser o conteúdo visual do clipe musical. Ficou perfeita a interação da letra da canção com as imagens dos rios, dos índios, dos animais em plena sintonia com a natureza!! :))))

      Menina, o Google e o YouTube não esta mais notificando sobre as respostas dos comentários e eu terei que ir no seu artigo novamente ver a pripioca e os benefícios dessa maravilha!! Simmmm, a pele, o cabelo das índias com certeza sua cuidados pelas milagrosos produtos diretos da selva amazônica e amiga, seria perfeito se fizesse um post apenas sobre essa palmeira, o tucumã pois nossa, vi apenas por alto, mas tem tantos benefícios para a saúde incalculáveis!! :)))
      Se puder me enviar por e-mail os links desses óleos nem teria palavras para te agradecer. Meu e-mail é adrianahelena2@gmail.com! OBRIGADA!!!

      Excluir
    2. Precisei dividir o conteúdo da resposta pois o blog disse que havia ultrapassado 4.986 caracteres...rsrs Bem, continuando Eliane ...Acho tudo maravilhoso, tudo encantador e me encantei ainda mais por este paraíso depois dos seus posts amiga, que sempre narram com detalhes cada trava, cada semente, cada palmeira contido na imensidão da floresta amazônica!!!

      Por isso que nesse artigo evidenciei mais o corte desenfreado das árvores da região amazônica simplesmente para aproveitamento da madeira quando elas, em pé, geram muito mais riquezas!! VOCÊ FALOU TUDO AMIGA!!!!!

      Obrigada por tudo, pelo carinho imenso!!
      Tenha uma semana maravilhosa minha querida!!
      Mil beijos!! :)))KR. Eliane, bom dia querida!! Puxa, que comentário fantástico, é de perder o fôlego minha amiga!!! Obrigada!!

      Sim, a Amazônia é algo surreal, é um bioma perfeito e precisa ser mantido do jeitinho que foi desenhado por Deus! Lá tudo está equilibrado e apenas o homem que tem o "dom"de chegar e estragar com tudo :( devido à ganância desenfreada... )
      A fauna, a flora, o solo, o ar, as águas dos rios, todo o ambiente está em perfeita harmonia e é tudo milimetricamente cuidado pela natureza...Aliás de rara beleza!!

      Querida, vou lá correndo no post da Pripioca pois foi ele que me gerou a ideia deste post juntamente com a canção que publiquei no YouTube da banda OutroEu chamada "Ai de Mim"que ilustra esse artigo. A letra da música fala da libertação, das transcendência, do encontro do divino com a natureza e eu imaginei a Amazônia no ato para ser o conteúdo visual do clipe musical. Ficou perfeita a interação da letra da canção com as imagens dos rios, dos índios, dos animais em plena sintonia com a natureza!! :))))

      Menina, o Google e o YouTube não esta mais notificando sobre as respostas dos comentários e eu terei que ir no seu artigo novamente ver a pripioca e os benefícios dessa maravilha!! Simmmm, a pele, o cabelo das índias com certeza sua cuidados pelas milagrosos produtos diretos da selva amazônica e amiga, seria perfeito se fizesse um post apenas sobre essa palmeira, o tucumã pois nossa, vi apenas por alto, mas tem tantos benefícios para a saúde incalculáveis!! :)))

      Sim amiga, se puder me enviar por e-mail os links desses óleos nem teria palavras para te agradecer. Meu e-mail é adrianahelena2@gmail.com! OBRIGADA!!!
      Acho tudo maravilhoso, tudo encantador e me encantei ainda mais por este paraíso depois dos seus posts amiga, que sempre narram com detalhes cada trava, cada semente, cada palmeira contido na imensidão da floresta amazônica!!!

      Por isso que nesse artigo evidenciei mais o corte desenfreado das árvores da região amazônica simplesmente para aproveitamento da madeira quando elas, em pé, geram muito mais riquezas!! VOCÊ FALOU TUDO AMIGA!!!!!

      Obrigada por tudo, pelo carinho imenso!!
      Tenha uma semana maravilhosa minha querida!!
      Mil beijos!! :)))

      Excluir
  2. sim,amiga Adriana; parabéns pelo post; sempre quando lemos artigos assim, pensamos , em primeiro lugar , como é bela a nossa Amazônia,pois, realmente, ' a beleza do lugar é mágica', porém, sempre nos abre a possibilidade de fazer emergir e promover reflexões sobre como 'utilizar a floresta de uma forma racional'. Pois, 'infelizmente não é isso o que acontece e o nosso potencial vivo está sendo destruído'...,as razões são inúmeras, mas a principal é o baixo valor que a sociedade, como um todo, atribui e que associado a uma série de políticas equivocadas leva ao crescente desmatamento,mesmo com diversos compromissos internacionais assumidos, acarretando diversos problemas ambientais e sociais, e a destruição de ecossistemas sensíveis e um grande bioma sempre ameaçado; belo o vídeo-música;Obrigado pelo carinho, feliz semana, belos dias,beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Felis, amigo querido!
      Ah como eu queria que viesse neste artigo da Amazônia! Tem tanta coisa linda, é uma riqueza incalculável não é mesmo? Chega a emocionar todo esse potencial que temos!

      Adorei a sua análise sabe, estou muito preocupada com a ausência de utilização racional da amazônia, chega a dar medo o crescente desmatamento apenas para a utilização da madeira. Mal sabem eles que as árvores em pé geram muito mais riquezas para todos!!
      Ahh você gostou do vídeo? Fiz com muito carinho, pois a letra da canção falava exatamente sobre preservação, consciência e transcendência!! É como um renascimento!!!!

      Amigo, muito obrigada pela presença e comentário!!
      Você é um dos resistentes do blog, que não me abandona!
      Grata para sempre!!! :))

      Um super beijo e um restante de semana maravilhoso!! :))))

      Excluir
  3. Owwwnn, que gracinha! Tudo bem, Adriana? Adorei o gif de abertura do artigo! E todo o texto e as fotos, claro! Só você para ter a paciência de pesquisar e esmiuçar tantas informações importantes sobre um só tema! De fato, quanto mais as pessoas conhecerem este tesouro natural, maiores serão os esforços de conservação. Parabéns pela iniciativa, belíssimo post!

    Beijo grande e um excelente final de semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sergio, muito obrigada amigo! Nem tenho como agradecer ao seu carinho e presença!!
      Fofinha a arara vermelhinha não é? Ela só quer muito carinho, proteção e cuidado!!
      Tudo que precisamos fazer com a Amazônia: cuidar com muito amor!!

      Eu que agradeço sua presença sempre tão motivante amigo!
      Adoro!! E os assuntos aqui do blog estão dando uma guinada de 360 graus...rsrs
      Tenha uma semana maravilhosa!!
      Beijos!! :)))

      Excluir
  4. Um de seus melhores posts, Adriana!!!Postagem linda, informativa e importantíssima!!!! Todo mundo deveria ler. E que belas fotos!!!! Bjs e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sérgio, obrigada!! Sabe, este artigo em fez compreender muito mais a Amazônia!!
      Ela é um ambiente vivo que precisa ser preservada, cuidada e protegida...
      E quanto mais falarmos desse assunto, mais se perpetuará e se espalhará pelo mundo!! :)))
      Ahh as fotos são incríveis não é? Aliás, tudo na Amazônia é maravilhoso!!

      Um super beijo e uma semana incrível amigo! :)))

      Excluir
  5. Nossa, Adriana! Quanta beleza, quanta sensibilidade, quanto amor. Gostei muito do seu posicionamento, das suas preocupações e do seu olhar tão carinhoso para tudo isso! ;)

    beijos!

    https://ludantasmusica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu, que linda você, obrigada pela suave presença querida!!
      Precisamos preservar esse patrimônio biológico, precisamos cuidar e proteger...
      A Amazônia não é o pulmão do mundo mas é o que mantém a temperatura da Terra estabilizada... Se não existir a Amazônia um forte processo de desertificação ocorrerá!!!

      Agradeço o carinho da presença querida!
      Desejo uma semana grandiosa!!
      Beijos!! :)))

      Excluir

Fique à vontade para expressar seus sentimentos e sugestões.
Você é sempre muito bem-vindo(a)! Obrigada e Abraços!

Tecnologia do Blogger.