Caminhar na natureza torna o cérebro mais criativo e cura as tristezas!




Você está se sentindo cansado,  com o corpo e a alma pesada? Pois é, parece que no final do ano tudo fica mais complicado não é verdade? Pode ser difícil acreditar, mas caminhar, realmente, pode nos tornar mais felizes, criativos e eliminar o foco das tristezas da vida. Quem diz isso são profissionais de saúde, médicos e neurologistas. Vem comigo saber mais desta pesquisa e comece a colocar em prática desde já!



Um dos defensores desse pensamento é José Ángel Obeso, neurologista e diretor do Centro Integral de Neurociências de Madri, na Espanha. Ele trabalha em hospitais com pessoas que sofrem de depressão, e foi capaz de concluir que uma hora de caminhada por dia, principalmente em ambientes naturais, é terapêutico e aumenta a qualidade de vida.
Quando vivemos longos períodos em estados de depressão e ansiedade, somos prejudicados nos processos cognitivos, como memória, criatividade, assimilação e compreensão do mundo ao nosso redor. As caminhadas podem ajudar uma pessoa a se livrar dos efeitos negativos da depressão e ansiedade, ampliando sua visão e perspectivas.


A infelicidade causada pelo costume do “automático”

Cada vez mais nossos hábitos estão automatizando nossos cérebros, o que favorece o estresse e contribui para a infelicidade. A rotina, muitas vezes entediante e sem perspectivas, coloca-nos em uma espiral de depressão e desânimo. Dessa maneira, nossos cérebros tornam-se mais preguiçosos e lentos, porque não há nada novo para despertar sua atenção, nenhum estímulo que, verdadeiramente, valha a pena. Experimentamos perdas de memória, causadas pela motivação praticamente inexistente e menos conexões neurais.


Essa realidade é muito perigosa e para nossa qualidade de vida, pois nossa rotina resume-se à mesmice, não existem novidades ou coisas que despertem sentimentos de prazer, criatividade, alegria e motivação. Tudo funciona de forma mecânica.
O Dr. José Ángel Obeso, defende que a decorrência dessa automatização dos processos cerebrais é mais frequente em grandes polos, nos quais vivem pessoas que raramente dedicam tempo as suas necessidades, e vivem em ambientes poluídos e tóxicos, com um grande nível de estresse e ansiedade.


As caminhadas como uma forma de libertação


É importante que o hábito de caminhar não seja visto como uma obrigação, mas como um compromisso pessoal de libertação. Os efeitos positivos dessa prática não são sentidos logo no primeiro dia, mas após cerca de uma semana, já se torna um hábito, e a partir daí conseguimos identificar os benefícios, segundo José Ángel Obeso.



Os benefícios principais das caminhadas são:

  • Eliminação das preocupações: enquanto caminhamos, nossas mentes não precisam estar focadas nos problemas ou preocupações da vida. É uma atividade tranquila e fácil de ser realizada, que nos relaxa e permite a entrada de ar puro no corpo, que nos renova. Esse relaxamento estimula o lobo frontal, parte do cérebro responsável pela criatividade e humor. Isso, aliado a liberação de endorfinas, cria a situação perfeita para a transformação corporal que nos torna mais otimistas e criativos.

  • Melhora do estado de espírito: Durante as caminhadas, o cortisol, hormônio de resposta ao estresse, some e leva consigo os fatores que nos causam negatividade. A partir dessa mudança, começamos a enxergar as coisas com mais entusiasmo, confiança e otimismo.
  • Contato com a natureza: Estamos acostumados a nos espremer em espaços fechados durante todas as nossas vidas: casas, empresas, supermercados, shoppings, e essa constante limitação pode nos sobrecarregar. No entanto, quando praticamos nossas caminhadas em espaços naturais, sentimos verdadeira liberdade e oportunidade de expansão. Por esse motivo, José Ángel Obeso, defende que devemos buscar proximidade com a natureza. A conexão com o natural é uma necessidade humana para melhoria de vida, pois proporciona absorção de oxigênio puro, novos estímulos, perspectivas e paisagens.

Faça dessa leitura uma motivação para começar a caminhar todos os dias, mesmo que por pouco tempo. Comece devagar, mas comprometa-se consigo mesmo e sua plenitude de vida!


Vá  a parques, lagos, florestas, praias. Você notará uma grande mudança em sua saúde  física e emocional. E se possível, nos primeiros dias, ouça uma música tranquila, relaxante, que cura os males da alma e te deixa renovado para recomeçar a viver uma vida plena e feliz... Quando já estiver se acostumando, poderá partir para uma playlist mais agitada!  Venha comigo! Eu te acompanho! Linda semana!! 



Imagens do Tumblr 

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada!

4 comentários:

  1. Olá, querida Adri, menina atleta de corpo e alma -rs!

    Espero k você esteja bem e feliz, tal como sua vovó e demais familiares.
    Por aqui, mta chuva e frio, dias pequenos e cinzentos, que desmotivam a gente. Temos de usar roupa pesada e quente, mais chapéu de chuva, algo pra proteger a cabeça pke as neblinas matinais se fazem sentir há uma semana, portanto meu estado de espírito não é o melhor.

    Felizmente que sou Professora e k inicio as aulas bem cedinho e devido às reuniões, por vezes, termino meus afazeres para além das 21:00. Sempre me movimentando, nem penso no tempo climatérico.

    Li e reli seu excelente e útil post, baseado na opinião do médico neurologista, José Angel Obeso (espero bem, k ele não seja obeso-rs) e concordo inteiramente com ele. Pra te falar com sinceridade, não gosto de caminhar por caminhar, ou seja, tenho que ter um objetivo em mente. Ando há um tempinho subindo e descendo escadas no prédio onde vivo e já perdi um quilo. Tenho mais agilidade em geral e minhas pernas estão mais leves.

    Gosto de passear na natureza, bem longe do mar, k me perturba, para observar detalhes e particularidades. Sou curiosa e gosto de ver, por exemplo, o voo dos pássaros.

    Gosto de uma certa rotina, como refeições a horas, encontros a horas, falar com amigos em dias "estipulados", pke eu não sei me aprontar, física e mentalmente, de um momento para o outro. Sou virginiana e como tal, exageradamente, perfeccionista.

    Estive escutando o vídeo, que tem músicas lindas e bem relaxantes, mas a música, nem sempre me relaxa. Recebo acupuntura há uns anos e a acupuntora coloca música, enqto dura o tratamento, mas há dias em k o pipiar dos pássaros na música me causa um certo desconforto, então, ela para o aparelho e ficamos em silêncio ou falamos de assuntos, que me interessam.

    Beijos, um enorme abraço e uma excelente semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que maravilha que esteja aqui Céu! Já estava com muitas saudades de você!
      Sei que por volta do final do ano, as pessoas tem tantos afazeres e acabam se afastando dos blogs..E isso dá muita saudade! Obrigada por ter vindo aqui deixar o seu carinho em palavras!! Fico encantada!!

      Realmente os dias cinzentos não são nada fáceis de passar...Cinzentos no ambiente e também na alma... Apenas o aconchego do para para trazer um sol em nossas vidas não é verdade? Tomara que o inverno em sua cidade amenize e possa ser mais suave...Logo, logo passa querida!! Pois é, você mencionou tempo climatérico e creio eu que eu esteja passando por esse tempo também na alma e no coração.. Tudo muda no organismo da gente! A ansiedade se torna um tormento, a sensibilidade aumenta vertiginosamente a ponto de dar crises descompassadas de choro que não consigo compreender de onde sai...rsrs É um festival de emoções incompreendidas amiga... Ahh como é complicado...Esse é o climatério da mulher e é uma fase complexa que nem os exercícios físicos diários conseguem amenizar!! Como nós mulheres sofremos amiga!! Misericórdia!! :))))

      hahah verdade, também, achei muito engraçado ser o nome do médico José Angel Obeso e também espero que ele esteja bem de saúde...rsrs Ahhh, viu só? Eu sabia que os exercícios de subir e descer escadas a deixariam bem mais disposta!! Só cuidado com os joelhos para não forçar muito!!

      E caminhar em meio à natureza é maravilhosa, acolhedor e recompensador...O melhor remédio para a saúde quando estamos cansados e estressados...Realmente uma terapia natural sem o uso de remédios ou outro artifício para nos curar e nos manter saudáveis!! :))))

      Agradeço demais o carinho da presença Céu! Você é maravilhosa!!
      Muitos beijos e uma semana linda querida!!

      Excluir
  2. Olá Adriana!
    Que saudades do seu blog, desculpa, eu sumi, tava muito corrido aqui!
    Fiquei muito feliz de ler seu post, pois eu costumo caminhar todos os dias em meio a natureza e olha, confirmo o que disse: tem me feito muito bem.
    Parabéns pelo lindo texto, amo seu blog.
    Abraços e linda semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Larissa, muito boa tarde querida!!
      Eu entendo a correria, ainda mais nesta época do ano todos somem e os blogs ficam aguardando as pessoas queridas!
      Que bom que está sempre em contato com a natureza Larissa! É um dos melhores remédios para as enfermidades do corpo e da alma!!

      Agradeço o carinho da presença, deixo um beijo e desejos de uma semana de muita paz querida!! :))))

      Excluir

Fique à vontade para expressar seus sentimentos e sugestões.
Você é sempre muito bem-vindo(a)! Obrigada e Abraços!

Tecnologia do Blogger.