A História de 'Karma Chameleon' do Culture Club






Eis aqui uma música  super envolvente, mega sucesso dos anos 80 chamada 
 'Karma Chameleon.  A canção foi  lançada em 1983 pelo Culture Club como parte de seu álbum 'Color by Numbers'.  É uma mistura de ritmos, cores e  alegria que você conhecerá com mais detalhes a partir de agora! Venha!


O estigma de camaleão retratado na canção

Como o cantor explicou, a música fala sobre o carma que vem ao tentar agradar a todos e não ser fiel a si mesmo. A letra é muito interessante e fala também  sobre como algumas pessoas ficam com medo de serem deixadas sozinhas ou ignoradas por causa de suas crenças e tentam se adaptar ao ambiente como camaleões e no final,  acabam ferindo-se a si mesmas...

Sobre o camaleão 

Aliás, antes  vamos conhecer o protagonista desta história e não estou falando do vocalista não, mas do camaleão.

Camaleão é nome dado aos animais pertencentes à Família Chamaeleonidae. Acredita-se que existam entre 150 e 160 espécies diferentes de camaleões. Aqui daremos destaque a uma dessas espécies, o camaleão comum (Chamaeleo chamaeleon). Esses animais apresentam uma cabeça angulosa, onde estão presentes olhos que se movimentam independentemente, e uma língua expandida e coberta por muco. O seu corpo é estreito e apresenta uma cauda preênsil (capaz de prender).



Camaleão-pantera. Foto: Cathy Keifer / Shutterstock.com


Uma das características desses animais que mais chamam atenção é a sua capacidade de mudar de cor, o que lhes permite camuflar-se  no ambiente, mas que possui também outras funções. 

Uma das funções da mudança de cor nos camaleões é a camuflagem.



Curiosidades sobre o camaleão


1- O o camaleão é um animal que habita o topo das árvores, passando a maior parte do tempo nesses locais.


2- Apresentam uma coloração que pode variar conforme o ambiente, sendo influenciada, por exemplo, pela iluminação ou conforme a mudança de sensações – nesses casos, o sistema nervoso atua sobre as células de pigmentos.


A mudança de coloração dos camaleões



3-A mudança de coloração não está relacionada apenas com a camuflagem, estando ligada também a outras funções, como a atração de parceiros e defesa de território.


4- Podem projetar a língua até uma distância de quase o dobro de seu tamanho corporal.


5- A maioria das espécies é ovípara. Não são animais sociais e mudam de cor quando detectam a presença de outro indivíduo. São animais solitários, juntando-se apenas na época do acasalamento. 


Camaleão-pantera. Foto: Jan Bures / Shutterstock.com


Sobre a canção Karma Chameleon

Boy George se tornou uma das estrelas pop mais icônicas de sua geração quando o Culture Club estourou em cena no início dos anos 80.

Boy George


A música 'Karma Chameleon' foi um grande sucesso em todo o mundo, e a aparência andrógina de Boy George e sua voz comovente inspiraram muitos artistas e ajudaram a promover o movimento Novo Romântico.

Em 1984, durante o Brit Awards, a faixa ganhou o prêmio de Melhor Single Britânico.


Acredita-se também que Boy George, que fazia parte do grupo, escreveu trechos da música sobre seu amante, que também era baterista do grupo Jon Moss; Especialmente considerando que seu relacionamento não era de conhecimento público. Ele disse que quando trouxe a música para sua equipe, eles não ficaram entusiasmados com ela inicialmente, mas concordaram em gravá-la depois de um tempo


Mas sobre o que era a música número um deles? Aqui estão todos os fatos:


1- Quem escreveu 'Karma Chameleon'?

Culture Club Foto: Getty


A canção foi escrita pelos membros do Culture Club, Boy George, Jon Moss, Mikey Craig, Roy Hay e Phil Pickett. Foi gravada para o segundo álbum do grupo, Color by Numbers , lançado em 1983.


2-Qual o significado de  'Karma Chameleon'?



Boy George em um determinado tempo explicou sobre a música: 


A música é sobre o terrível medo da alienação que as pessoas têm, o medo de defender uma coisa. É sobre tentar sugar todo mundo. Basicamente, se você não for verdadeiro, se não agir como se sente, então você obtém justiça do carma, essa é a maneira da natureza de retribuir.


Boy George escreveu a maioria das letras da banda, e muitas de suas palavras foram inspiradas por seu relacionamento com o baterista do grupo, Jon Moss. Seu difícil relacionamento romântico / profissional também foi a inspiração para a frase: "Você é meu amante, não meu rival" em 'Karma Chameleon'.

O relacionamento foi escondido para o público, então se tornou uma forma de Boy George se comunicar com ele por meio de suas canções.

Falando ao 60 Minutes Australia , Boy George revelou que escreveu a música enquanto estava de férias no Egito e os  outros membros do Culture Club não ficaram muito satisfeitos com a gravação no início, pois sentiram que soava como uma música country e western.


3- Quem tocou a gaita?

A gaita foi tocada por Judd Lander, que também foi membro do grupo Merseybeat The Hideaways na década de 1960. Lander também forneceu a gaita em 'Church of the Poisoned Mind' do Culture Club e 'Say You Be There' das Spice Girls.


Boy George


4- Onde o videoclipe foi filmado?


Dirigido por Peter Sinclair, o vídeo foi filmado na Ilha de Desborough em Weybridge durante o verão de 1983.

O vídeo se passa no Mississippi em 1870 e mostra um grande grupo multirracial de pessoas em trajes do final de 1800, incluindo alguns vestidos de vermelho, dourado e verde (conforme referenciado na letra da música).

Boy George está vestido com seu visual característico de trajes coloridos, luvas sem dedos, longas tranças e um chapéu-coco preto.


Ainda é uma das canções mais vendidas de todos os tempos! E é claro que eu fiz um vídeo mega, super, animado com a canção com várias cenas de filme. Te desafio a dizer pelo menos uns 5 filmes aqui contidos, pois tem cenas de quase 300! Está fácil adivinhar, mesmo que a canção tenha um ritmo frenético! Até mais!

Vídeo do Canal de Adriana Helena no YouTube


Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada!

8 comentários:

  1. Camaleônica humanidade tentando agradar e se desagradando para desagrado geral. Um post rico e reflexivo.

    Um grande abraço.
    Leia mais em nosso Blog: https://www.aponarte.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Antonio, para poder se adaptar aos novos tempos, a pessoa perde a sua essência e por ter que ser quem não é, verdadeiramente, adoece...
      Agradeço a visita, a presença e irei conhecer o seu blog!!
      Tenha uma ótima semana!! :))))

      Excluir
    2. Antonio, fui ao seu blog mas não consegui deixar um comentário em seus artigos pois o navegador me avisava que estava bloqueado.
      Creio que o excesso de publicidade tenha impedido, mas não sei realmente o que ouve.
      De qualquer forma parabéns pelo trabalho que lá desenvolve.
      Um grande abraço!!

      Excluir
  2. What a ınteresting post:) thanks for your sharing...

    ResponderExcluir
  3. Boa noite, Adriana.

    Não detectei nenhum problema lá no blog, usei algumas ferramentas de checagem que não encontraram nada errado. Uso os anúncios automáticos do adsense, mas, tanto pelo computador como por celular, não houve nenhum bloqueio e os comentários tem chegado normalmente. Agradeço sua tentativa de visita e seu alerta. De qualquer forma, continuarei observando, o Blogger por vezes apresenta tais intercorrências desagradáveis.

    Um abraço. Tudo de bom.
    APON NA ARTE DA VIDA 💗 Textos para sentir e pensar & Nossos Vídeos no Youtube..

    ResponderExcluir
  4. Como eu amo essa musica, Dri. E que curiosidades bacanas. Ouvia muito na extinta Radio Cidade aqui no RJ.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sérgio, essa canção é sempre a minha referência dos tempos da adolescência..rsrs Que música empolgante não é verdade?
      Ahh a Rádio Cidade, também senti muito o término da rádio!
      Grata pelo carinho amigo!!
      Tenha uma semana maravilhosa!! :))))

      Excluir

Fique à vontade para expressar seus sentimentos e sugestões.
Você é sempre muito bem-vindo(a)! Obrigada e Abraços!

Tecnologia do Blogger.