A incrível trilha sonora dos comerciais de Hollywood dos anos 80!




Quem se lembra das memoráveis propagandas da marca Hollywood na TV nos anos 80? Quem tem mais de 30 anos lembra e vai matar a saudade. Quem não tem vai conhecer e certamente gostará. Apesar de se tratar de propagandas em prol do uso de tabaco (o que sou totalmente contra), os comerciais do cigarro Hollywood traziam uma temática baseada em “curtir a vida” praticando esportes radicais e ouvindo um som de excelente qualidade, o que era aliás, a marca registrada dos comerciais. É pura nostalgia...


A marca de cigarro “Hollywood” da Souza Cruz é famosa. Mas, antes que alguém venha me criticar, não estou fazendo neste texto nenhuma apologia ao cigarro. Ao contrário, estou relembrando apenas as BOAS MÚSICAS que faziam parte da  trilha sonora dos comerciais. 


As propagandas dos cigarros Hollywood marcaram os anos 80, inclusive entre as crianças e adolescentes – palavra de quem foi criança  na época e assistia...O engraçado é que eu nem reparava no cigarro, porque os atores e atrizes apenas praticavam esportes.

Os comerciais mostravam gente bonita, praticando esportes radicais ao som de músicas inesquecíveis da época, como “Did It All For Love”, do Phenomena II, “Love Ain't No Stranger”, do Whitesnake (o vocalista David Coverdale chegou a gravar um jingle pro cigarro, em português). O sucesso das músicas – lançadas ou não nos comerciais do cigarro – foi tanto que chegou-se a lançar discos do cigarro Hollywood (sim, não é folclore, eles realmente existiram).




As propagandas eram realmente incríveis, e a molecada adorava assistir: vela, surfe, bodyboarding, esqui, canoagem, rafting, ultra-leve, balonismo, escalada... Ficávamos na expectativa de qual esporte iria aparecer no próximo comercial.  Belas paisagens e esportes radicais com apelo visual. 


A marca Hollywood do grupo Souza Cruz nasceu no início dos anos 30 tendo como objetivo vincular seu nome ao glamoroso mundo da indústria cinematográfica americana. A partir dos anos 70, as propagandas do cigarro passaram a associar o produto a jovens saudáveis, (como se pessoas realmente saudáveis fumassem…), praticando esportes radicais.



No início dos anos 80 o rock entrou definitivamente para a trilha sonora que era escolhida a dedo e por conta disso, marcou época. Geralmente as músicas selecionadas eram hits de bandas de hard ou pop rock que estavam estourando nas paradas e diversas se tornaram sucesso graças a esses comerciais bem elaborados.

Muitas pessoas que hoje curtem um rock  tiveram sua “iniciação” através destas propagandas, pois foram nelas que seu interesse musical aflorou. Bandas como Asia, Winger, Heart , Bon Jovi e muitas outras eram presença garantida nas campanhas que angariaram milhares de fãs. 

Nesta época o slogan do cigarro – “Hollywood, o Sucesso” – teve grande êxito em todo país, tanto que Raul Seixas chegou a citar a frase na canção “É Fim do Mês”: 


Eu procurei fumar cigarro Hollywood, que a televisão me diz que é o cigarro do sucesso.



Em 1985, época do primeiro Rock in Rio, o vocalista do Whitesnake, David Coverdale, gravou um jingle em português para a propaganda do cigarro, que contou com a participação do grupo pop brasileiro Roupa Nova no instrumental muito bem executado e se tornou novamente uma campanha bem sucedida.





Por falar em festival, a marca de cigarros também patrocinou um grande evento, o Hollywood Rock,  que contou com atrações internacionais, muitas delas protagonistas da trilha de seus comerciais. 

Com a aprovação da Lei Ordinária nº 9.249, que proíbe a propaganda do tabaco em eventos culturais o festival foi extinto e tempos depois (aprovação da Lei nº 3.156 pela Câmara Federal que proíbe a propaganda de cigarro em rádio, televisão, jornais e revistas), os comerciais foram banidos e hoje muitos se encontram disponíveis apenas na internet para os mais saudosos.

Apesar destes comerciais venderem uma imagem errônea associada ao cigarro,  marcaram toda uma geração, que só pôde conhecer algumas bandas graças à eles numa época em que programas com temáticas musicais eram escassos. Eu aprendi a gostar de rock desde pequena quando via a propaganda da canção Jump, do Van Halen. E essa fiz uma edição especial!




O sucesso destes comerciais rendeu álbuns dedicados especialmente às canções executadas nas campanhas e algumas bandas covers que até hoje tocam apenas os hits das propagandas do cigarro Hollywood. Não há como negar que a trilha sonora é espetacular!

 

Uma das muitas coletâneas com as músicas dos comerciais 

Abaixo segue  a lista completa com todas as músicas usadas nos comerciais! Algumas já editei e postei tanto YouTube como no Facebook. E pretendo fazer a edição de praticamente todas! 




"Play the Game Tonight" - Kansas 

"Did it All for Love" - Phenomena II 

"Iron Eagle" - King Cobra 

"Only Time Will Tell" - Asia 

"Born to be wild" - Steppenwolf 

"Pain Lies on the Riverside" - Live 

"More than a feeling" - Boston 


"Burning Heart" - Survivor 

"Eye of the Tiger" - Survivor 

"When I See You Again" - Fleetwood Mac 

"Holding out for a hero" Bonnie Tyler 

"You give love a bad name" - Bon Jovi 

"Love ain't no stranger" Whitesnake 

"Oh, Sherrie" - Journey 

"Don't Stop Believe" - Journey 

"I hear you call" - Bliss 

"Born To Be Wild" - Steppenwolf 

"More Than a Feeling" - Boston 

"Hollywood Way" (Jingle) 

"Rollerblade" (Jingle) 

"All For A Reason" - Alessi 


"Warm Ride" - Rare Earth 

"Dance With You" - Carrie Lucas 

"Love I Need" - Jimmy Cliff 

"While You See A Chance" - Stevie Winwood 

"Every Little Thing She Does Is Magic" - The Police 

"You Better You Bet" - The Who 

"Play The Game Tonight" - Kansas 

"Only Time Will Tell" - Asia 

"Hold On" - Santana 

"Separate Ways" - Journey 

"Original Sin" - Inxs 

"Run To You" - Bryan Adams 

"Get It While You Can" Gary O. 

"It's Raining Man - The Weather Girls 

"If Looks Could Kill" - Heart 

"I Just Died In Your Arms" - Cutting Crew 

"Love Walks In" - Van Halen 

"Woman In Chains" - Tears For Fears 

"Miles Away" - Winger 

"Dreams" - Van Hallen 

E minha edição é com o lendário Peter Frampton na canção 
Breaking All The Rules que é simplesmente espetacular!! 


Peter Frampton hoje e no início da carreira

Em 1976, o inglês Peter Frampton se tornou a maior sensação do ano, vendendo 13 milhões de cópias de um disco, em um ano, um recorde sem precedentes até então. Cantor e guitarrista de incrível talento, seu momento de ápice sumiu quase tão rápido quanto apareceu. Mesmo assim, é difícil encontrar alguém que não conheça seu nome.

Ressaltando que no meu vídeo só tem esportes, natureza, mar  e vida saudável! E vamos continuar Vivendo Bem Feliz!


Imagens recolhidas do Google e Montagem de Adriana Helena

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada!

2 comentários:

  1. olá Adriana:
    que lindo seu post.
    e que saudades.
    Nossa, eu adorava estes comerciais, as músicas eram realmente muito legais.
    Peter Frampton , acho que era meu favorito.
    obrigada pelo post maravilhoso, os vídeos estão excelentes, belo trabalho.
    grande abraço.
    :o)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eliane, que bom que gostou amiga!!
      Eu ando um pouco nostálgica relembrando dos comerciais de antigamente...rsrs
      Eu lembro que eu era pequenininha e ficava vidrada nos comerciais, achava tudo lindo!! rsrs
      Eu agradeço muito seu carinho e presença amiga!!
      Fico muito grata com quem vem aqui e deixa palavras de apoio ao post!
      Você é fantástica!!
      Um grande beijo querida e já antecipo meus desejos de um lindo final de semana!! :))))

      Excluir

Fique à vontade para expressar seus sentimentos e sugestões.
Você é sempre muito bem-vindo(a)! Obrigada e Abraços!

Tecnologia do Blogger.