Conheça o urucum e seus poderosos benefícios!



Oi meus amigos... Tudo bem com vocês? A busca da saúde tem que continuar e por incrível que pareça, precisamos agradecer os conhecimentos que nossos avós passaram para nós, pois eles, até mesmo sem querer, já sabiam o que era bom e saudável há muito tempo atrás, mesmo sem a ajuda de qualquer pesquisa científica!  Sim, isso mesmo!! 

Talvez aqui a maioria não tenha consciência do que seja essa interessante sementinha vermelha, que falarei hoje. Mas eu, desde criança, fui apresentada ao urucum de uma maneira muito curiosa... Vovô Gervásio o cultivava no quintal de casa e a pequena árvore pitoresca, onde o urucum floria e frutificava, até hoje está firme e forte em minha memória. 

E eis que meu pensamento foi ativado por uma visão surpreendente. Caminhando como de costume, no parque pedra da Cebola, consegui vislumbrar uma pequena árvore na curva da descida,  que me chamou bastante a atenção.

Bem gente, o Parque Pedra da Cebola é bastante conhecido aqui em Vitória, Espírito Santo e é excelente para a prática de exercícios físicos, além de ser um local onde a natureza expõe rara beleza... 


Era uma manhã nublada e com temperatura bastante agradável e a Pedra da Cebola apresentava-se cinza como as nuvens do céu,  erguendo-se imponente e forte! Ela estava surpreendente naquela manhã e merecia, sem dúvida nenhuma, um registro fotográfico:


Na curva da estradinha que leva à base do parque, deparei com uma  pequena árvore cujos ramos avermelhados na copa me chamaram a atenção:


Notei logo que se tratava da árvore de urucum, semelhante à que ficava do quintal do vovô. Uma árvore de tamanho médio carregada de  frutinhas rubras  com a casquinha espinhada e avermelhada. Já sabia de antemão, que dentro do urucum, haviam várias sementinhas vermelhas. Mas apenas registrei, bem de pertinho, sem retirar o frutinho da árvore. A folha escondeu um pouco, mas dá para perceber a textura não dá? rsrs

.


E você se surpreenderá muito mais com os benefícios deste pequenino fruto. Urucu, ou urucum, é o fruto do urucuzeiro ou urucueiro (Bixa orellana), arvoreta da família das bixáceas, nativa na América tropical, que chega a atingir altura de até seis metros. Apresenta grandes folhas de cor verde-claro e flores rosadas com muitos estames. Tive a sorte de fotografar uma flor de urucum, uma das últimas que encontrei na árvore, veja como é linda e delicada:



Já seus frutos são cápsulas armadas por espinhos maleáveis, que se tornam vermelhas quando ficam maduras. Então se abrem e revelam pequenas sementes dispostas em série, de trinta a cinquenta por fruto, envoltas em arilo também vermelho. Lindas!


Os benefícios medicinais do urucum incluem o fornecimento de vitaminas, tratamento de problemas estomacais, vermes e hemorroida. É realmente ampla a listagem de doenças que pode combater. Transportado da Ásia para as Américas pelos espanhóis, por volta do século 17, é uma planta de onde se pode usar folhas, óleo essencial e sementes. Muito rico em carotenoides, o urucum também é aproveitado por vários segmentos industriais. O corante que é extraído de sua semente é usado em cosméticos, bronzeadores, alimentos, e tecidos. Veja como é o pozinho de urucum  ao natural:


Prepare o  seu cardápio  salpicando urucum em todos os pratos.  Além de ficar delicioso, deixará seu almoço ou jantar, muito mais bonito e com uma aparência de comer com os olhos. Como você acha que a moqueca capixaba seria sem o urucum? No aspecto beleza do prato, ficaria muito sem graça...rsrs Mas com o urucum, ele se transforma nesta colorida e deliciosa iguaria. Já passei a receita da moqueca. É só consultar AQUI se quiser preparar uma igual a essa:



Doenças que podem ser tratadas com o urucum:

Este fruto é rico em cálcio, fósforo, ferro, aminoácidos, e nas vitaminas B2, B3, A e C. Contém cianidina, os ácidos elágico e salicílico, saponinas e taninos, fitoquímicos que ajudam a prevenir e tratar doenças. Misturar as sementes com óleo de coco, ou azeite de oliva, é produzir um remédio caseiro que pode ser aplicado topicamente para tratar queimaduras, feridas e picadas de insetos. O interessante, é que impede a formação de cicatrizes.

As sementes também são usadas com sucesso para a cura da icterícia. Para crianças, o chá das sementes deve ser dado para matar vermes. O uso da tintura remonta a antiguidade, para tratar doenças venéreas, controlar os sintomas da menopausa, melhorar a libido sexual, e para diminuir suores noturnos, dores, ou inchaço.


Semente e folha produzem efeitos diuréticos, e contêm propriedades adstringentes e antibacterianas. Se uso contínuo fortalece a função renal e o aparato digestivo. Proporciona alívio de azia, indigestão e o desconforto estomacal proveniente de comidas picantes.


As sementes são dotadas de virtudes expectorantes em geral.
Úteis nas afecções diversas, principalmente do coração;
Eficazes na eliminação de manchas e verrugas (tintura das sementes aplicada sobre a pele elimina manchas brancas, verrugas, e rejuvenesce a pele);
Eficazes para alívio e redução da prisão de ventre, hemorroidas e hemorragias (chá das folhas).


O chá das folhas regula o nível do colesterol, trata hepatite, disenteria, febre, malária, edema, diminui a pressão sanguínea, e até combate os efeitos de mordida de cobras venenosas. Possui propriedades expectorantes, limpando o muco acumulado, e combatendo a asma, tosse e bronquite.


Para qualquer das condições, deve-se ferver 10 folhas em 1 litro de água por 10 minutos exatos. Divida em 3 partes, que devem ser consumidas de manhã, à tarde e à noite. Caso o problema seja no exterior do corpo, faça a mesma receita e aplique de maneira tópica por várias vezes no dia.

Para tratar hemorroida, deve-se ferver 1 vagem seca em 1 xícara de água, e beber pelo menos 3 vezes na semana, até quando necessário.  

Podem ainda, segundo informações coletadas entre os indígenas, ser usadas como repelente natural de insetos ( as sementes ).


Recentes pesquisas: combate o câncer de pele


Recentemente, pesquisadores descobriram algumas propriedades especiais do aditivo alimentar natural urucum: propriedades que podem bloquear o desenvolvimento de certas células cancerígenas da pele.

Aparentemente, o colorau, que foi muito usado por tribos antigas como pintura de corpo, e agora é mais fácil de ser encontrado como corante alimentar, contém um composto que impede a formação de células cancerígenas provocadas pela radiação ultravioleta.


Sim, nossos índios desde a origem, já utilizavam a sementinha de urucum para suas artes. Seu conhecimento natural mantinha sua pele protegida dos raios solares, além de causar uma  beleza  e uma arte natural incrível.

O composto em questão é chamado bixina, e foi descoberto como parte de testes à procura de moléculas para ativar a via Nrf2 do corpo, que ajuda a fortalecer as células humanas contra a exposição a agentes cancerígenos.


A descoberta foi feita por uma equipe da University of Arizona College of Pharmacy, e os testes já foram iniciados em ratos em laboratório. Os animais que foram injetados com bixina mostraram uma reação à radiação UV muito menor do que aqueles que não foram, o que comprova a teoria de que o composto bloqueia as células cancerosas de alguma forma.


Georg Wondrak, que liderou o estudo, acredita que o composto induz as células à produção de antioxidantes protetores e fatores de reparação impedindo as células cancerosas de se formarem. “Se você evitar queimaduras solares, poderá evitar também um maior risco de formação do câncer. Essa é a lógica”, disse Barbara Wondrak Grijalva para o Tucson News.

O próximo passo é, naturalmente, ver se o mesmo efeito pode ser reproduzido em humanos. Isso é um processo que pode demorar algum tempo, mas considerando que o urucum já está aprovado peloFood and Drug Administration (FDA), dos Estados Unidos, como seguro para o consumo humano, significa que podem haver menos obstáculos regulatórios do que o normal.

Em última análise, o urucum poderia ser um ingrediente chave de um novo superprotetor solar, mas que funcionaria de dentro para fora, em vez de ser aplicado sobre a pele. Os pesquisadores por trás da descoberta acreditam que os tratamentos poderiam estar prontos em cerca de cinco anos.


Eventualmente, os alimentos podem ter anato adicionado para proteger contra danos da pele, envelhecimento (danos causados ​​pela exposição aos raios UV), e câncer da pele. “Nós só sabemos que nossos compostos podem proteger contra queimaduras solares através de um novo mecanismo muito interessante”, explicou Georg para Tucson News. “Ele ajuda as células a montarem uma resposta que as protege dos danos na pele pela luz UV: queimaduras solares”

Anualmente em todo o mundo, cerca de 2 a 3 milhões de cânceres de pele não-malignos são diagnosticados contra 132 mil malignos.

A pesquisa foi publicada no periódico Free Radical Biology and Medicine.

Pois é assim gente, maravilhosos os benefícios do urucum não são?  Agradeço ao google por ter feito um filminho das imagens do urucum que tirei no parque Pedra da Cebola... No final, tem o meu almoço preparado com ele, que ficou uma delícia! rsrs Menu do dia: frango com polenta, taioba, arroz, feijão e tomatinhos de montão  Ah.... você vai adorar!!!! Está neste link aqui AQUI.  Mas se não abrir, tente ver pelo you tube mesmo...hihihihi



Já o próximo vídeo ensina preparar o urucum in natura  e tem imagens belíssimas da flor. Realmente uma ternura! 
Até mais gente querida!!!



Fontes: Wikipedia.org/wiki/Urucu_(planta)Jornal Ciência
Fotos: Aquivo pessoal, google imagens e Leonardo Ré-Jorge / Wikimedia 

9 comentários:

  1. Bom dia, Adriana!
    Como sempre digo, Deus é perfeito em todas as suas criações. A natureza tem tudo pra tudo, basta ao homem buscar o equilíbrio.
    Não me espanto mais ao ler que todos os componentes de uma árvore (folhas, frutos sementes) podem ser utilizados pra algum benefício, seja através de chás, xaropes, cremes, emplastros... Felizes os que usam a natureza, com equilíbrio, a seu favor.
    Só fico chateada de pensar que ainda continuam testando em animais, afinal, nada testado em animais prova que o ser humano pode usar.... Realmente lamentável...

    Abraços esmagadores e feliz semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Poções de Arte, muito boa noite!!!
      Fico tão feliz com a sua presença, sempre tão esperada!
      Obrigada querida!

      Sim, a natureza nos fornece o necessário, a terra é plena de riquezas e o equilíbrio em todas as esferas é que resultaria em plena harmonia...
      Nossa flora é um espetáculo...Tantos remédios naturais na própria natureza!
      Mas os grandes laboratórios, que visam ao lucro, ocultam muitas coisas!
      Infelizmente há tanta destruição, tanto desamor e o que você mencionou que é gravíssimo: os testes em animais continuam sendo feitos... :(

      Mas o importante é manter o otimismo e pensar que um dia tudo vai ficar em pleno equilíbrio, sem dores para todas as partes!

      Beijos minha amiga, tenha uma semana linda tá?
      Obrigada pelo carinho!:))))))))

      Excluir
  2. Oi, Adriana. Na carta sobre o achamento do Brasil, o Pero Vaz de Caminha logo percebeu os índios com os grãos vermelhos e sua tintura da mesma cor. Era o Urucum e eu nem imaginava que tinha tantas aplicações como essas que eu li agora em seu post - muito bom e instrutivo. :) Obrigado! Tenha bons dias!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite meu querido amigo Jaime!
      Que saudades, bom demais ter você aqui amigo!
      Pois é amigo, e falando em descobrimento do Brasil já tem até gente pedindo para a descoberta dele ser anulada face aos últimos acontecimentos...kkkkkkkkk
      Realmente o que é sólido, rico e verdadeiro por aqui, são as nossas riquezas da flora, tão próspera... Ao contrário do nosso sistema político que está virando piada mundial, se já não virou...
      Pero Vaz de Caminha encantou-se com o urucum e nós estamos é querendo fazer uso dele para nos esconder e proteger de tudo o que está exposto aí!

      Obrigada pela presença amigo e desculpe não estar visitando o seu blog incrível com frequência...os tempos realmente andam mais bicudos!!!!
      Um grande e caloroso abraço!!!
      Maravilhosa semana! :)))))

      Excluir
  3. Olá,querida Adriana...verdade, nossos avós são fontes de sabedoria. Eles passaram por muitas experiências pelas quais ainda não passamos. Viveram outros costumes e na prática, longe dessa comodidade e instantaneidade de informações.Como disse, já sabiam o que era bom e saudável há muito tempo atrás. Vovô Gervásio é um belo exemplo. Encantado com a Pedra da Cebola. Muito bacana conhecer o urucum,inclusive à fazer moqueca e saber seus benefícios , principalmente o fornecimento de vitaminas, tratamento de problemas estomacais, vermes e hemorroida.Yes, vi as belas fotos da Google Fotos...
    parabéns por mais essa bela postagem!
    Obrigado pelo carinho de sempre, belos dias,beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite meu querido amigo Felis!
      Fiquei feliz com a sua vinda aqui para conhecer o urucum mais de pertinho!
      Muito mesmo!

      Pois é, nossos avós são verdadeiras enciclopédias de vida e sabem muito sobre saúde!
      Tínhamos que captar todos os valorosos conhecimentos deles não é verdade?
      Agora o conhecimento é instantâneo, mas se perde com tantas informações existentes...
      Era muito mais duradouro naquela época gloriosa!

      Ah, vou fazer um post com o vovó Gervásio qualquer dia desses amigo... Ele está no céu me olhando e cuidando da vovó Zilda que está comigo... Dá muita saudade!
      Ah, também vou preparar um post especial da pedra da cebola...hihihihi
      Nossa amigo, quantas ideias está me dando!
      Sabe, eu nem sabia, mais o próprio google que captou as fotos que tirei no parque pedra da Cebola e fez um filminho para mim... E olha que nem pedi...rsrs
      Achei algo extraordinário...hihihihi

      Obrigada pela presença e uma semana maravilhosa!!
      Beijos!!

      Excluir
  4. Muito interessante eu só usava pra deixar o feijão com um aspecto bonito e caldo grosso e no frango, mas como a gente vai aprendendo e buscando benefícios para a saúde, tudo que preciso estão neste planta: abaixar o colesterol e suas vitaminas são ótimas. Obrigado foi uma ótima informação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite querido amigo Alfeu Gomes!
      Sim, o urucum vai muito além do que um simples corante para os alimentos!
      Ele renova nossas forças e nos dá energia, além de combater várias doenças!
      Uma maravilha né amigo?
      Lindo fim de semana! :))))

      Excluir
  5. Boa tarde, Adriana.
    Uma postagem excelente,bem detalhada.
    Bom saber que está em testes para combater o câncer de pele.
    Há muita sabedoria em nossos avós.
    Já não gosto de colorau na comida, de jeito algum.
    Bom ler sobre as vitaminas que possui.
    Lindo fruto.
    Tenha uma semana de muita paz!
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir

Fique à vontade para expressar seus sentimentos e sugestões.
Você é sempre muito bem-vindo(a)! Obrigada e Abraços!

Tecnologia do Blogger.