A vida é um sopro, aproveite-a!



Olá amigos, tudo bem? A vida nos prepara surpresas não é? Algumas boas e outras nem tanto assim. É preciso estar atento para acompanhar tudo e não de deixar levar pelas adversidades que a vida nos impõe. Refletir também é muito importante e os textos e poemas ajudam bastante neste sentido. Adianto apenas uma coisa: a vida é efêmera e tudo passa em questão de instantes...Aproveite-a bem, antes que seja tarde...Não se deixe morrer lentamente...


Ah, e a leitura fica incrível com esta linda canção do Al Green interpretada por Joss Stone- How Can You Mend a Broken Heart

Você vai literalmente viajar na singeleza e na beleza das duas belas vozes... Um primor...Aperta o play...


Hoje trago um belo escrito de Martha Medeiros, simples, intenso e com um belo discurso de vida...As imagens que acompanham o artigo escolhi-as a dedo, para o seu deleite e descanso...São magníficas paisagens e parecem sair da sua tela de tão reais. A natureza traz paz e leveza...  Aproveite-a!
" Morre lentamente quem não troca de ideias, não troca de discurso, evita as próprias contradições.
Morre lentamente quem vira escravo do hábito, repetindo todos os dias o mesmo trajeto e as mesmas compras no supermercado. Quem não troca de marca, não arrisca vestir uma cor nova, não dá papo para quem não conhece.
Morre lentamente quem faz da televisão o seu guru e seu parceiro diário. Muitos não podem comprar um livro ou uma entrada de cinema, mas muitos podem, e ainda assim alienam-se diante de um tubo de imagens que traz informação e entretenimento, mas que não deveria, mesmo com apenas 14 polegadas, ocupar tanto espaço em uma vida.
Morre lentamente quem evita uma paixão, quem prefere o preto no branco e os pingos nos is a um turbilhão de emoções indomáveis, justamente as que resgatam brilho nos olhos, sorrisos e soluços, coração aos tropeços, sentimentos.
Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz no trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto atrás de um sonho, quem não se permite, uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.

Morre lentamente quem não viaja quem não lê, quem não ouve música, quem não acha graça de si mesmo.




Morre lentamente quem destrói seu amor-próprio. Pode ser depressão, que é doença séria e requer ajuda profissional. Então fenece a cada dia quem não se deixa ajudar.

Morre lentamente quem não trabalha e quem não estuda, e na maioria das vezes isso não é opção e, sim, destino: então um governo omisso pode matar lentamente uma boa parcela da população.

Morre lentamente quem passa os dias queixando-se da má sorte ou da chuva incessante, desistindo de um projeto antes de iniciá-lo, não perguntando sobre um assunto que desconhece e não respondendo quando lhe indagam o que sabe.
Morre muita gente lentamente, e esta é a morte mais ingrata e traiçoeira, pois quando ela se aproxima de verdade, aí já estamos muito destreinados para percorrer o pouco tempo restante. Que amanhã, portanto, demore muito para ser o nosso dia. Já que não podemos evitar um final repentino, que ao menos evitemos a morte em suaves prestações, lembrando sempre que estar vivo exige um esforço bem maior do que simplesmente respirar."
 E para encerrar, a canção da Dido... Renda-se a ela e tenha uma semana maravilhosa!!


Fonte: Texto de Martha Medeiros e Imagens http://miriadna.com/

6 comentários:

  1. Tudo bem, Adriana? Perdão, você sempre tão carinhosa e eu, relapso, faz tempo que não venho fazer-lhe uma visita. Adoro seu blog e este artigo, em particular, tocou-me profundamente. De fato, às vezes estamos morrendo sem sabermos.

    Adorei seu logo com o girassol, ficou um espetáculo! Este espaço está cada vez mais bonito e caprichado, parabéns!

    Beijos e tudo de bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia querido amigo Sergio!!
      Ahhh imagina querido, o que importa é que veio dar uma olhadinha no blog e isso me deixa feliz demais!! O tempo é escasso para todos não é mesmo?
      Mas a sua presença neste artigo foi muito especial, muito obrigada! :))

      Que maravilha, você foi o único que notou a mudança no logotipo do girassol!!! Uhullll Obrigada!!! É uma sutil mudança para comemorar os 6 anos do blog no dia primeiro de julho próximo e já estou me antecipando à festa!! Você é um dos meus convidados mais queridos e esperados amigo! O que importa é a presença dos amigos queridos que me acompanham neste tempo tão feliz!!

      Agradeço demais o carinho e desejo uma semana maravilhosa!!
      Beijos amigo!! :)))

      Excluir
  2. Adriana querida,

    Que postagem maravilhosa! Um deleite em imagens e músicas.
    O texto da Martha é perfeito. De fato, é triste deixar-se morrer em vida por falta de coragem, ousadia ou por mera acomodação. A vida é fantástica e merece ser vivida intensamente, pois ninguém sabe o momento de "partir". Muitos chegam a pensar que possuem todo o tempo do mundo para realizar suas vontades e sonhos e, quando despertam, se dão conta de que não há mais tempo (nem disposição) para correrem atrás do prejuízo.
    Excelente reflexão, com foco importante no tema do seu blog.
    Parabéns!

    Respondi seu comentário lá no meu recanto. Se tiver curiosidade, dê um pulinho até lá para ler.
    Muito obrigada, querida, por momentos tão prazerosos de interação!
    Por ora, fiz a melhor opção quanto ao fechamento da barra de comentários do meu espaço. Estou precisando viver um pouco mais descompromissada. Eu mereço!-rsrs. Caso eu ainda estivesse em dúvida, acabaria por decidir agora, diante da reflexão da Martha-rsrs.
    Convide-me para a comemoração dos seis anos deste seu encantador espaço.
    Continuaremos a nos esbarrar por aí, nas redes sociais.
    Tudo de lindo e maravilhoso para você!

    Beijão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vera, minha querida!! Boa tarde!
      Desculpe o atraso nas respostas dos comentários, mas é quando aparece uma sonhada folguinha que corremos aos blogs não é? rsrs
      E assim a nossa vida fica numa eterna correria!! :)))

      Nossa Vera, essas imagens são mesmo inspiradoras a tal ponto de eu ter feito um vídeo com uma canção que gosto muito e publicado ainda ontem ( quinta-feira) no You Tube. Mas como não tenho tenho muita experiência em edição de vídeos e publicação nestes canais de vídeos, em alguns dispositivos, ele não roda por imposição dos direitos autorais da canção. Pois é amiga, até quando fazemos algo por diversão, precisamos exercer a advocacia...rsrs Mas é vivendo e aprendendo né?

      Eu amei ler o seu comentário em seu Recanto que sempre nos abrilhantará querida!!
      Você recebe milhares de comentários Vera e eu não sei como dá conta de interagir com todos e ser tão gentil visitando cada um e lhe deixando palavras de carinho... Eu que fico admirada com sua desenvoltura na blogosfera!! Parabéns!!!
      Sim querida, e viver é a melhor coisa!!!Aproveite seu tempo precioso para cuidar mais de si, de sua saúde e por que não retornar às aulas de dança?
      Nossa, desde que entrei na hidroginástica, estou mais relaxada! A dança faz o mesmo e até melhor!! O que importa é que cuide mais de você minha amiga!!

      Ah sim, estou pensando como vou fazer a festinha dos 6 anos...rsrs
      Ainda não tenho a mínima ideia mas adoraria ter a presença dos amigos queridos querida!! Eu vou lá te chamar onde estiver viu?
      Beijos, muitos, com todo o carinho do mundo!!
      Maravilhoso final de semana!! :)))

      Excluir
  3. É um sopro mesmo, Adriana. E com essa música, essa postagem e essas fotos vc a deixa melhor pra gente. bjssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sérgio, essa canção toca fundo em nossos corações não é mesmo?
      Ah, e eu também viajo nas imagens!!
      Como se lá estivéssemos!!

      Aproveito para desejar um final de semana maravilhoso querido!!
      Beijos e se cuida!! :)))

      Excluir

Fique à vontade para expressar seus sentimentos e sugestões.
Você é sempre muito bem-vindo(a)! Obrigada e Abraços!

Tecnologia do Blogger.