Quando a Fé ergue-se diante da montanha e salva o mundo!





Diante do céu na casa da Vovó Zilda, nota-se um facho de luz se esgueirando na montanha... Era o sinal que tudo ficaria bem e que as tempestades cessariam... Graças a Deus... Mas foram momentos altamente complexos, de dor e sofrimento para a família. Mas Vovó é guerreira e mostrou, mais uma vez, que ainda tem muito a nos ensinar! Estou aqui para agradecer e dizer que se não fosse a FÉ a nos guiar, tudo seria mais difícil de enfrentar. Em sua essência, a fé é um sentimento fortíssimo. Ter fé é confiar que algo muito maior existe, mesmo que não possa ser tocado ou visto. Ela é sentida, sem a necessidade de algo concreto. A Fé domina o nosso ser e contempla todo o mundo...

Segundo a Bíblia Sagrada, a fé é a expectativa exata de algo esperado, a demonstração evidente de realidades, embora não observadas. Um livro escrito em metáforas que, misteriosamente, são atuais em qualquer tempo ou situação que o mundo esteja vivendo.

Quando não há mais nada que possamos fazer em determinada situação dizemos para ter fé e confiar, que basicamente, seria a mesma coisa. Não se baseia em boatos, mas tem base sólida.


Exercitar a fé requer disciplina, pois quando tudo vai bem, a deixamos no limbo e voltamos a nos agarrar desesperadamente a ela em momentos de crise.


Pensando bem, deveríamos tratá-la com mais dignidade, criar um relacionamento de intimidade, para que a constância da sua presença atenuasse os furacões internos frente às adversidades. E como os furacões foram fortes e nos atingiram em cheio... Saber que Vovó quase se foi por duas vezes consecutivas é aterrorizante... 

Nem entrarei em detalhes o quanto foi extenuante e sufocante para quem presenciou momentos tão dolorosos e enfrentou com fibra o socorro imediato para a Vovó.  Tudo fica mais complicado quando o hospital está a quilômetros de distância e o caminho a ser percorrido até ele é estrada de chão, repleta de aclives e de pedras... 

Mas agora ela ESTÁ CONOSCO SE FORTALECENDO e olhando calmamente da varanda de sua casinha para a montanha que a acompanha desde a juventude...E como se estivesse dando FORÇAS para ela!


A fé também está ligada à gratidão, à confiança, à lealdade e segurança. Talvez por isso diz-se que ela move montanhas. Não em seu sentido literal, mas sim pela força de sua capacidade de realização. Se eu creio, eu posso, eu faço. 

Somos muito gratos por Vovó ter superado tudo isso...Agora se recupera gradativamente e precisa do apoio de todos, da família que a ama e a protege. Vovó voltou a ser criança, precisa de mimos e todo o carinho do mundo.  Inclusive a flor do cafezal de seu quintal até floresceu, como se prevendo a necessidade de encantar a Vovó, e, de antemão, espalhar o doce perfume no ar anunciando novos dias e boas novas!





O ser humano não foi criado para ser sozinho, por isso temos amigos, formamos famílias e vivemos em sociedade, mesmo que, às vezes, sintamos a necessidade de nos isolar. É um momento de voltar para si, para se reinventar. Por este motivo precisamos acreditar em algo muito maior do que nós, como um refúgio.

Sem a fé adoecemos, perdemos a capacidade de acreditar, consequentemente, a esperança de superar, resultando na insatisfação pessoal.

Aquele que tem fé faz a sua parte e espera, pois acredita que há algo superior às suas vontades, seja Deus, o universo ou a energia do cosmos. Vovó sempre teve uma fé inabalável e precisamos aprender com ela e olhar com serenidade o jardim onde repousa o caldeirão que tanto usou para fazer a polenta que sustentou seus 12 filhos. Agora Vovó precisa da retribuição dos filhos, netos e bisnetos. Todos unidos, dando-lhe carinho, amor e fazendo-lhe companhia a fortalecerão.. E assim ela continuará a observar e se encantar com os detalhes de seu belo jardim...



Mas é esta segurança de que não estamos sozinhos no mundo que nos impulsiona e tranquiliza. Quem tem fé não se angustia com facilidade. Ter fé é como entregar nas mãos de alguém uma tarefa e ficar tranquilo de que aquilo será feito e entregue a nós da melhor maneira.

Então, por que temos tanto medo do futuro? Será que estamos realmente pondo em prática a nossa fé? Deliberadamente entregamos e confiamos?

Quem possui a verdadeira fé tem evidência sólida daquilo em que crê. Esta evidência precisa ser suficientemente forte para convencer não somente aquele que tem fé, mas também os outros. 


Vovó ainda não sorri por completo, pois passou por muitos percalços e está superando  paulatinamente seus momentos críticos...Mas deixa estar, Vovó Zilda, se já sorrimos juntas quando encontrava-se no hospital com os braços perfurados de medicamentos e soro, imagina quando eu aí retornar 😉...  Tirar-lhe-ei aquele sorriso gostoso que só a senhora sabe dar! Me aguarde....😀



Por que precisamos ter fé?


Seguramente, quando alguém reza e ao mesmo tempo sente dúvidas em seu íntimo, não pode esperar receber aquilo que deseja. Suas dúvidas o impedem de ter plena confiança, de se abandonar na paz, de que o mais perfeito se realizará. Nosso egoísmo e egocentrismo atropelam a segurança da renúncia das nossas vontades.

É essencial exercitar a humildade incorporada à fé, sem esta união não há a entrega total e pura. Não basta crer na existência de Deus, tampouco basta servir ao criador, apenas por um senso de dever. O mero senso de dever não é suficientemente forte para nos manter fiéis quando provados.

Apenas a entrega total, por amor, é capaz de nos proporcionar a plenitude, com a fé e segurança de que nosso projeto está em boas mãos. Mesmo que para isso, haja a necessidade de mover o mundo. Então que movamos montanhas e o mundo inteiro!!



Vovó, vamos com Fé, que a Fé não costuma falhar!!

Linda semana para todos!




Inspiração: O Segredo e Tumblr
 Imagens: Arquivo Pessoal da Tais, netinha que reside com a Vovó Zilda
Vídeo do Canal de  Cris Caldas no YouTube

Seu comentário é muito bem-vindo! Obrigada!

12 comentários:

  1. A Fé é fundamental e foi ela que ajudou a vovó! Que fique bem logo e tenha vontade de sorrir muito tempo mais! Lindas fotos! beijos, fiquem bem! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chica, muito obrigada pela presença querida!!
      Estou bastante ansiosa, nos últimos tempos, por conta da saúde da Vovó Zilda!!
      Creio que sem a fé a nos erguer não teríamos suportado tamanho sofrimento...
      Sim, tomara que ela volte a sorrir o mais breve querida!

      Beijos e linda semana!! :)))

      Excluir
  2. ✽.¸¸.•*`❀✽.¸¸.•✽
    Oi Adriana!

    Que bom que sua vovó melhorou e se recuperou bem do ocorrido relatado em seu post. Seu amor por sua vovó é muito lindo! Sempre transmitindo muito afeto e carinho que são as coisas mais valorosas da vida e a base da família. Muito verdadeiro, real e inteligente o que escrevestes sobre a fé, realmente é uma força que move para superação dos obstáculos e dificuldades da vida. Após um dia de tempestade, o sol volta a brilhar novamente. Muito lindo querida amiga!!!! Deus abençoe sempre!!!
    Bjs
    ✽.¸¸.•*`❀✽.¸¸.•✽

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bia, confesso que foram os 20 dias mais difíceis da minha vida e de meus familiares!
      Uma correria ao hospital, ela melhorou, teve alta e alguns dias depois os sintomas retornaram e foi outra correria novamente!!
      Sabe, Vovó e muito especial para mim, você a conhece de tanto que falo dela aqui no Blog né querida Bia? rsrsrs É uma baixinha arretada por demais!! rsrs

      E como você muito bem mencionou, sempre depois da tempestade o sol volta a brilhar! Ainda bem amiga! Nada como um dia após o outro!!!
      Agradeço demais seu carinho, sua presença tão doce querida!!
      Deixo um grande beijo de agradecimento!!
      Desejo um lindo restante de semana!!
      Gratidão por seu carinho amiga!!
      Beijinhos!! :))))

      Excluir
  3. A força da fé... e a força do seu amor... serão os ingredientes da perfeita e rápida recuperação da Vovó Zilda.
    Grande beijo, Adri!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cris, nem acredito que está aqui no Blog Vivendo Bem Feliz!! Que honra!! Muito obrigada!!
      Você viu o pequeno paraíso de Vovó Zilda não é amiga?
      Neste local tão lindo, cercado de matas, montanhas e flores dos cafezais, ela está desde jovenzinha e lá deverá permanecer, pois é o lugar mais lindo do mundo, o local que a sustenta, que dá força, que passa a tranquilidade necessária para uma boa recuperação!
      Agora, com certeza ela ficará bem e haveremos de comemorar, em breve , os 100 aninhos desta pequena grande guerreira!!

      Ahh e você notou como o seu vídeo combinou perfeitamente com o momento vivenciado?
      Eu não poderia ter encerrado o artigo de uma maneira mais positiva e alegre do que essa!!!
      Obrigada pela linda edição!! :))))

      Um grande beijo amiga e volte sempre tá?
      Tenha um lindo restante de semana!! :))))

      Excluir
  4. olá Adriana:
    que susto não é mesmo?
    você tem um tesouro imenso em sua vida , seus amores são uma benção do céu !!!
    a minha mãe sempre me dizia quando eu estava sem esperança:
    anda com fé , que a fé não costuma faiá !
    que saudades tenho de minha mãe ....nossa dói demais quando a gente ama de verdade.
    que DEUS ilumine sempre vocês e lhes traga sempre muita saúde e cuidados com muito zelo desta lindeza da vovó Zilda !!
    grande abraço.
    :o)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Eliane, é sempre maravilhoso quando aqui vem deixar seu recadinho querida, muito obrigada!

      Estava um pouco afastada das redes, não participando como antes, devido às idas e vindas da Vovó!!
      Mas agora, parece que ela finalmente se recuperará efetivamente e voltará a ficar fortona novamente!! :)))
      Simmmm, Vovó é meu tesourinho lindo e se ela não está bem fico fora do "esquadro"e falta-me até ar para respirar!
      E a Fé foi fundamental neste período, desistir jamais!!
      E agora Vovó se recupera em seu cantinho particular, sob o pé de uma inda montanha e das flores de café..
      Sua presença aqui me deixou muito feliz amiga, obrigada!!
      Grata pelo carinho, pelo apoio agradeço de coração!!!

      Tenha um final de semana maravilhoso!! :))))

      Excluir
  5. Oi amiga!
    Tava eu aqui escrevendo e meu computador fez o favor de apagar o livro rsrsrs.
    Que bom que a vovó voltou pra casa. E espero sinceramente, que a cada dia ela fique melhor. Quando a ver, não esqueça meus beijos pra ela.
    Lindas fotos em sua casinha tão especial.

    Acho que fé é algo adquirido através de um relacionamento, de um caminhar com o Criador. É fácil dizer que temos fé quando tudo vai bem e como vc disse, a deixamos no limbo rsrs. Mas nos momentos de tribulação é que somos provados. Nestas horas, mesmo fazendo tudo o que podemos, se temos raízes fortes (fé), conseguimos passar pelas tribulações sabendo que Deus está no controle de tudo - descansamos mesmo lutando. É uma paz inexplicável, totalmente diferente de ansiedade, tensões, medos... Muitas vezes Deus nos dirá não, mas se temos realmente a fé e a crença que o melhor está sendo feito, aceitamos seu não e continuamos firmes.

    Obrigada pelo carinho com o Giggio, meu italiano rsrs. Ele e o Enzo (meu outro italiano rsrs) ainda estão se adaptando, mas vou fazendo meu melhor e com FÉ que Deus vai harmonizando tudo ao seu tempo.
    Bom seria se tantos outros pudessem ter a chance que esse menino tem.
    Mas vou seguindo jogando minhas sementes - é o legado que quero deixar, inspirando pessoas a fazerem todos os dias muitas coisas pequeninas. Acredito que é aí que mora a grandeza, não?

    Que Deus abençoe você e toda a sua família e que em breve todos estejam reunidos comemorando mais uma vitória da nossa vovó (agora já virou nossa, através de tanto amor postado aqui).

    Abraços esmagadores e dias felizes.
    Lambeijos da tropinha lá da caverna.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ohhh Poções de Arte, que coisa mais linda!!
      Sabe, comigo também acontece isso, pois no momento do comentário é como se uma parte de mim tomasse forma e sentisse todo o conteúdo do artigo na pele... E quando o comentário desaparece, como por encanto, quando refazemos, escrevemos ainda mais....hahahahahaha

      Sim, Vovó retornou para casa e agora se recupera ao pé da montanha sentindo o leve perfume adocicado das flores de café...É absolutamente poético tudo isso!! O lugar onde ela mora é maravilhoso! Tem o ar mais puro que poderíamos respirar e por isso falo que é um pedacinho do paraíso de tão lindo!!
      Mas ser tão distante tem suas consequências. Principalmente a locomoção em dias de chuva que deixa a estrada de chão praticamente intransitável... Aí o socorro até o médico é muito demorado e dolorido!!

      Mas ainda bem que temos a Fé a nos guiar e nos fortalecer!! E você disse frases lindas sobre os fundamentos da Fé!! Com certeza, nos momentos de atribulação é que somos provados!! Tem toda razão!!!Lindas suas palavras querida!!! :))) Afinal você é uma anjinha alada de seus pequeninos lutadores pela vida!!
      Fiquei muito emocionada com o seu último resgate, o charmoso italianinho Giggio! Ahhh mas é claro que os dois italianos iriam se estranhar a princípio querida ...kkkkkk Ambos tem sangue quente, brigam, mas passa rápido, pois o amor está dentro de cada um deles pulsa. Não vai tardar e serão os melhores amigos do mundo! Vai por mim, eu entendo de italianos!! rsrs Vovó é uma italiana arretada e briguenta, mas logo volta às boas...hahahaha

      Ahh amiga fico tão feliz quando diz que a Vovó Zilda já virou sua também!! Ahh isso enche meu coração de felicidade! Sabe, estou quase trocando o nome do Blog de Vivendo Bem Feliz para Vovó Zilda, porque quase todas as postagens tem ela como inspiração!!! rsrs
      Ela é mesmo uma estrela quietinha e também estabanada...rsrs

      Muito obrigada pela presença linda e carinho tão gostoso!!
      Senti-me lambida por todos os peludinhos de sua caverna mágica e acolhedora amiga!!
      Beijos e um final de semana maravilhoso!! :))))))

      Excluir
  6. Que alegria, Adriana. Torci e rezei mt por isso, acredite. Que bom que tudo deu certo e eu imagino como foi difícil...Beijão e que ela fique 100% logo logo!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sérgio, muito obrigada pelo carinho da presença amigo..
      Sei que ultimamente o meu assunto é a Vovó Zilda, quase todo o tempo...
      E também sei que você está torcendo por ela desde quando a conheceu, praticamente 7 anos atrás e o admiro por por isso amigo, seu carinho por ela é lindo! Praticamente ela também já virou sua Vovó!! rsrs
      Agora ela ficará bem!! Muito obrigada mesmo, de coração!!
      Beijos e um final de semana radiante, maravilhoso!! :))))

      Excluir

Fique à vontade para expressar seus sentimentos e sugestões.
Você é sempre muito bem-vindo(a)! Obrigada e Abraços!

Tecnologia do Blogger.